Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2011 > 05 > Central de Atendimento do Ministério do Trabalho passa a atender no número 158

Economia e Emprego

Central de Atendimento do Ministério do Trabalho passa a atender no número 158

por Portal Brasil publicado: 06/05/2011 10h50 última modificação: 28/07/2014 14h17

A partir deste mês, o canal de atendimento ao cidadão do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) passa a operar em todo o País. É a Central de Atendimento gratuita 158 que atende questões sobre legislação trabalhista, seguro-desemprego e abono salarial, além de todos os programas sociais, ouvidoria e ações desenvolvidas pelo ministério. Anteriormente, as informações eram acessadas por dois canais telefônicos 0800. O serviço está disponível de segunda a sábado, das 7h às 19h.

As informações mais procuradas pelos cidadãos através da Central de Atendimento são sobre seguro-desemprego, com mais de 70% do total de ligações recebidas. Em segundo lugar aparece o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que auxilia o usuário no preenchimento de declarações, acertos, cancelamentos e outras ações necessárias. Diariamente, em média 36 mil pessoas procuram o serviço eletrônico. 

Para o ouvidor-geral do ministério Leoclides Arruda, o novo serviço vai ajudar no contato do cidadão com o Ministério do Trabalho. “O que antes era feito por intermédio de um canal de telefonia 0800, gratuito, porém de difícil memorização, hoje com a discagem de apenas três números [158], é possível acessar, de qualquer parte do País, as informações disponíveis no MTE”.

O Canal 158 é gerenciado pela Ouvidoria-Geral do MTE. No atendimento, a pergunta do cidadão é respondida eletronicamente no ato do atendimento e, eventualmente, quando o assunto abordado não consta do banco de conhecimento, é aberta uma ocorrência para avaliação e resposta pela área competente. Nesses casos o prazo para retorno ao cidadão é de cinco dias.


Ouvidoria do MTE

É um canal direto de comunicação com a população que permite ao cidadão fazer reclamações, sugestões, críticas, elogios e denúncias referentes a procedimentos e ações de agentes diretamente ligados ou subordinados ao MTE.

As demandas chegam ao serviço de ouvidoria de acordo com o canal escolhido pelo cidadão: internet, carta, telefone (158) ou pessoalmente. Depois de receber e analisar tais demandas, o operador responsável classifica e direciona a manifestação para a área competente, requisitando esclarecimentos. E finaliza com a informação ao cidadão da solução adotada ou justificativa pertinente.

A Ouvidoria busca facilitar o contato do cidadão com o MTE, orientado-o sobre a busca de seus direitos. Com os canais remotos de atendimento, seja por telefone ou internet, evita-se que o cidadão tenha que se deslocar a um ponto de atendimento pessoal para resolver demandas com o ministério.

 

Fonte:
Ministério do Trabalho

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Pablo Claudino - Bancário
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Pablo Claudino - Bancário
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas

Últimas imagens

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, após reunião com representantes do governo japonês
A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, após reunião com representantes do governo japonês
Foto: Priscila Mendes
Valor corresponde a R$ 139,5 bilhões do total de R$ 156 bilhões
Valor corresponde a R$ 139,5 bilhões do total de R$ 156 bilhões
Divulgação/Governo do RJ
Objetivo maior, segundo o ministro Manoel Dias, é a politização do trabalhador
Objetivo maior, segundo o ministro Manoel Dias, é a politização do trabalhador
Divulgação/EBC
Presidenta Dilma Rousseff assina Medida Provisória do Programa de Proteção ao Emprego
Presidenta Dilma Rousseff assina Medida Provisória do Programa de Proteção ao Emprego
Roberto Stuckert Filho
Todos os serviços da plataforma para as empresas são gratuitos
Todos os serviços da plataforma para as empresas são gratuitos
Divulgação/Governo do PR

Governo digital