Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2011 > 07 > País economiza 4,3% dos gastos públicos

Economia e Emprego

País economiza 4,3% dos gastos públicos

Segundo a Fazenda, corte de R$ 50,7 bilhões no Orçamento diminuiu gastos reais com manutenção da máquina pública nos quatro primeiros meses de 2011 em relação ao mesmo período do ano passado, descontada a inflação
por Portal Brasil publicado: 04/07/2011 21h07 última modificação: 28/07/2014 14h29


O corte de R$ 50,7 bilhões no Orçamento diminuiu os gastos reais com a manutenção da máquina pública. Segundo dados do Ministério da Fazenda apresentados nesta segunda-feira (4), os gastos de custeio caíram 4,3% nos quatro primeiros meses de 2011 em relação ao mesmo período do ano passado, descontada a inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

Os números constam da publicação Economia Brasileira em Perspectiva, divulgada a cada dois meses pelo ministério. 

De acordo com o documento, as despesas de custeio diminuíram de R$ 30,093 bilhões no primeiro quadrimestre de 2010 (valor corrigido pela inflação) para R$ 28,798 bilhões no mesmo período deste ano. O custeio direto, que leva em conta as próprias despesas do governo federal, tiveram queda real de 2,7%. O custeio indireto, que considera as transferências para estados, municípios e instituições privadas, caiu 5,5% descontada a inflação. 

Ainda segundo a Fazenda, as despesas que mais caíram em 2011 foram os gastos com premiações (culturais, artísticas, esportivas e científicas). Esses gastos diminuíram 56,8%. Em segundo lugar, estão as diárias de pessoal, com redução real de 41,4%, seguidos pelo pagamento de serviços a pessoas físicas, com 13,7%. As despesas com passagens e locomoção caíram 9,9%. 

O levantamento, no entanto, excluiu o pagamento de sentenças e depósitos judiciais, de indenizações, de restituições e de outros encargos. De acordo com o ministério, a exclusão desses números permite uma avaliação mais precisa dos gastos com a administração pública. 

Os números são diferentes dos divulgados todos os meses pelo Tesouro Nacional. De acordo com o resultado do órgão, divulgado na semana passada, os gastos com custeio cresceram 6,5% nos cinco primeiros meses do ano. Até março, a alta nominal acumulada era 15,2%. Os dados do Tesouro, no entanto, não consideram a inflação e incluem as despesas expurgadas do levantamento apresentado hoje.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil imunizou mais de 97% do rebanho bovino e bubalino
Entre os estados que alcançaram os maiores índices de vacinação contra a febre aftosa estão Mato Grosso, Minas, Goiás e Mato Grosso do Sul
Estudo mapeia agricultura irrigada no Brasil
Embrapa e ANA realizaram um mapeamento inédito do uso da água na agricultura irrigada por pivôs centrais no Brasil
Conab fiscaliza estoques públicos de cinco estados
Nesta segunda etapa da vistoria de 2015, devem ser verificados cerca de 1,68 milhão de toneladas de grãos, em 113 armazéns
Entre os estados que alcançaram os maiores índices de vacinação contra a febre aftosa estão Mato Grosso, Minas, Goiás e Mato Grosso do Sul
Brasil imunizou mais de 97% do rebanho bovino e bubalino
Embrapa e ANA realizaram um mapeamento inédito do uso da água na agricultura irrigada por pivôs centrais no Brasil
Estudo mapeia agricultura irrigada no Brasil
Nesta segunda etapa da vistoria de 2015, devem ser verificados cerca de 1,68 milhão de toneladas de grãos, em 113 armazéns
Conab fiscaliza estoques públicos de cinco estados

Últimas imagens

Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Divulgação/MPA
Ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas é empossado durante cerimônia de posse do segundo mandato da Presidenta Dilma
Ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas é empossado durante cerimônia de posse do segundo mandato da Presidenta Dilma
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Governo digital