Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2011 > 09 > Simples Nacional

Economia e Emprego

Simples Nacional

Regime especial de tributação que beneficia microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) vai passar por alterações em 2012
por Portal Brasil publicado: 15/09/2011 17h13 última modificação: 28/07/2014 15h09

O Simples Nacional passou por mudanças em 2012 que resultaram em mais benefícios às microempresas (ME) – inclusive o Microempreendedor Individual (MEI) – , e às empresas de pequeno porte (EPP), justamente o público alvo deste regime tributário.

A alteração mais significativa foi a mudança dos limites da receita bruta para definir o “tamanho” de um empreendimento. Após a sanção da Lei Complementar nº 139/2011, as microempresas que desejam aderir ao regime de tributação devem registrar receita bruta anual de até R$ 360 mil (antes era R$ 240 mil). Para empresas de pequeno porte a variação é de R$ 360 mil a R$ 3,6 milhões (antes era de R$ 240 mil a R$ 2,4 milhões). 

Além disso, o limite de receitas brutas anuais para o Microempreendedor Individual (MEI) passará de R$ 36 mil para R$ 60 mil.

Outra mudança importante é o limite extra para que as pequenas empresas exportem produtos e serviços sem serem excluídas do Simples Nacional. Elas poderão obter receita bruta de até R$ 3,6 milhões no mercado interno e mais R$ 3,6 milhões para o mercado externo.

As empresas poderão também parcelar os débitos apurados no Simples Nacional por até 60 meses.

Criado em 2007, o Simples contribui para a diminuição da carga de impostos que incide sobre o empreendedor ao oferecer alíquotas que variam de 4% a 22,9% conforme o setor de atividade e o tamanho da receita bruta da empresa. Atualmente, este regime integra os fiscos das três esferas ao unificar em uma única guia seis tributos federais (IRPJ, IPI, CSLL, Cofins, PIS/Pasep e CPP) , um estadual (ICMS) e outro municipal (INSS).

Todos os procedimentos do regime são feitos pela internet, no Portal do Simples Nacional, onde atuam os contribuintes e a administração tributária dos três níveis de governo.

Fontes:
Receita Federal
Cartilha do Simples Nacional

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Nova meta fiscal prevê economia de R$74 bilhões a mais que planejamento anterior
Presidente interino, Michel Temer, entrega nova meta fiscal para o Senado Federal, nesta segunda (23)
Cresce número de cervejarias registradas no País
Entre o início de abril e a primeira quinzena de maio, o número de cervejarias no país, registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,​ passou de 320 para 397
Dilma participa da abertura da colheita em Eldorado do Sul
Presidenta também inaugurou a unidade de secagem e armazenagem de arroz da Cooperativa dos Trabalhadores Assentados de Porto Alegre
Presidente interino, Michel Temer, entrega nova meta fiscal para o Senado Federal, nesta segunda (23)
Nova meta fiscal prevê economia de R$74 bilhões a mais que planejamento anterior
Entre o início de abril e a primeira quinzena de maio, o número de cervejarias no país, registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,​ passou de 320 para 397
Cresce número de cervejarias registradas no País
Presidenta também inaugurou a unidade de secagem e armazenagem de arroz da Cooperativa dos Trabalhadores Assentados de Porto Alegre
Dilma participa da abertura da colheita em Eldorado do Sul

Últimas imagens

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante entrevista coletiva à imprensa nesta terça-feira (24)
Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante entrevista coletiva à imprensa nesta terça-feira (24)
Foto: Agência Brasil
Em um único ambiente eletrônico estarão as informações relacionadas à titularidade dos imóveis envolvendo operações como alienações, doações e garantias
Em um único ambiente eletrônico estarão as informações relacionadas à titularidade dos imóveis envolvendo operações como alienações, doações e garantias
Foto: Pref. de Jundiaí/SP
Além de corrigir a tabela do IRPF, o projeto reduz benefícios fiscais concedidos às centrais petroquímicas e às indústrias químicas
Além de corrigir a tabela do IRPF, o projeto reduz benefícios fiscais concedidos às centrais petroquímicas e às indústrias químicas
Foto: Governo da BA
Mulheres ativas no mercado de trabalho – ou seja, que exercem alguma atividade remunerada – chegam a dedicar quase o dobro do tempo aos afazeres domésticos na comparação com os homens inativos
Mulheres ativas no mercado de trabalho – ou seja, que exercem alguma atividade remunerada – chegam a dedicar quase o dobro do tempo aos afazeres domésticos na comparação com os homens inativos
Foto: Foto: Sergio Amaral/MDS

Governo digital