Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2011 > 12 > Banco do Brasil disponibiliza função crediário para seus clientes

Economia e Emprego

Banco do Brasil disponibiliza função crediário para seus clientes

por Portal Brasil publicado: 09/12/2011 18h52 última modificação: 28/07/2014 16h18

O Banco do Brasil (BB) vai disponibilizar aos seus clientes, a partir do dia 15, os cartões Ourocard Crediário. O objetivo é estimular o uso da função “Crediário”. Esses cartões funcionarão como “espelho” do cartão principal do cliente e foram desenvolvidos considerando os hábitos de consumo das famílias brasileiras, como por exemplo, Turismo, Eletro Eletrônico, Materiais de Construção, dentre outros.

No início, segundo o banco, serão lançadas as versões voltadas para aquisição de produtos eletro eletrônicos e serviços de turismo. Os cartões têm limite exclusivo para a modalidade de financiamento BB Crediário e as operações não impactam o limite principal do cartão de crédito.

O banco vai disponibilizar cerca R$ 20 bilhões para financiamento de bens e serviços por meio dessa linha de crédito, decisão que está alinhada às últimas medidas anunciadas na semana passada pelo governo federal para estimular a economia, como a redução de juros e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

O cliente poderá financiar suas compras até o limite do crédito pré-aprovado, no próprio estabelecimento comercial e de maneira totalmente automatizada. As prestações são fixas e debitadas mensalmente na conta corrente, na data de vencimento escolhida.

A loja ou prestador de serviço não precisa ser previamente conveniado com o BB para a venda através de crediário. O vendedor da loja seleciona a função crediário, podendo, junto com o cliente, simular o valor das parcelas, o prazo, a carência e também taxa de juros.

A contratação da linha BB Crediário possibilita ao cliente negociar a compra à vista e efetuar o pagamento em até 48 meses, com taxas de juros promocionais a partir de 1,98% ao mês, limite de até R$ 50 mil e até 180 dias para começar a pagar a primeira parcela, nas compras realizadas em lojas físicas conveniadas. Essas são as linhas de crédito mais automatizadas disponíveis no mercado de financiamentos a bens e consumo do País.

Para o Vice-Presidente de Negócios e Varejo do BB, Paulo Caffarelli, o crediário não poderia vir em melhor hora. “Agora é o momento certo para que o cliente Ourocard faça a viagem dos seus sonhos ou adquira o Eletro que deseja, pois têm à sua disposição mais crédito e preços mais acessíveis. Queremos que o lojista, que hoje pergunta ao cliente se a compra deve ser paga a débito ou a crédito passe a perguntar se a mesma não poderá ser paga na função crediário”.

Os cartões poderão ser adquiridos nas próprias agencias ou na página eletrônica: bb.com.br/ourocardcrediário.


Fonte:
Banco do Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Auxílio-Doença
O valor do benefício, desde 1º de março, não pode exceder a média das últimas 12 contribuições, e o prazo de afastamento a ser pago pelo empregador foi estendido de 15 para 30 dias. Somente após esse período, o trabalhador precisará comparecer ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
Pensão por Morte
Desde o dia 1º março, está sendo observado um tempo mínimo de contribuição de dois anos para a concessão da Pensão por Morte, exceto em casos de acidente de trabalho, e doença profissional ou do trabalho.
Abono salarial
O tempo de recebimento do benefício é agora de, no mínimo, seis meses ininterruptos de trabalho. Antes, bastava ter apenas um mês no emprego para receber o dinheiro do abono. Outra mudança será o pagamento proporcional ao tempo trabalhado, do mesmo modo que ocorre atualmente com o décimo terceiro salário. Pela regra anterior do abono salarial, o benefício era pago integralmente para os trabalhadores, independentemente do tempo trabalhado
O valor do benefício, desde 1º de março, não pode exceder a média das últimas 12 contribuições, e o prazo de afastamento a ser pago pelo empregador foi estendido de 15 para 30 dias. Somente após esse período, o trabalhador precisará comparecer ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
Auxílio-Doença
Desde o dia 1º março, está sendo observado um tempo mínimo de contribuição de dois anos para a concessão da Pensão por Morte, exceto em casos de acidente de trabalho, e doença profissional ou do trabalho.
Pensão por Morte
O tempo de recebimento do benefício é agora de, no mínimo, seis meses ininterruptos de trabalho. Antes, bastava ter apenas um mês no emprego para receber o dinheiro do abono. Outra mudança será o pagamento proporcional ao tempo trabalhado, do mesmo modo que ocorre atualmente com o décimo terceiro salário. Pela regra anterior do abono salarial, o benefício era pago integralmente para os trabalhadores, independentemente do tempo trabalhado
Abono salarial

Últimas imagens

Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Esse é o segundo poço perfurado com sucesso pelo consórcio de Libra e encontra-se a 18 km de distância do primeiro poço, denominado 3-RJS-731.
Esse é o segundo poço perfurado com sucesso pelo consórcio de Libra e encontra-se a 18 km de distância do primeiro poço, denominado 3-RJS-731.
Agência Petrobras
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Divulgação/MPA

Governo digital