Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 02 > Conheça os principais programas de fomento à exportação

Economia e Emprego

Conheça os principais programas de fomento à exportação

Empreendedorismo

Sebrae, Apex, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e os Correios são alguns órgãos que facilitam a vida do empresário que quer exportar
por Portal Brasil publicado: 01/02/2012 17:26 última modificação: 19/09/2013 17:18
Marcelo Terraza/sxc Programas de fomento à exportação ajudam o empreendedor a investir no mercado internacional

Programas de fomento à exportação ajudam o empreendedor a investir no mercado internacional

Investir no mercado internacional significa impacto positivo nas contas das empresas e também benefícios como competitividade e desenvolvimento tecnológico. As MPEs participam do mercado externo com esse objetivo e a ajuda de projetos de fomento à exportação oferecido por agências como Sebrae, Apex, MDIC, BNDES, entre outros.

Um deles é o Programa Internacionalização da Micro e Pequena Empresa. Feito pelo Sebrae em parceria com a Apex, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Confederação Nacional da Indústria (CNI), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e International Trade Centre (ITC), a iniciativa se propõe a capacitar as MPEs para o mercado externo. O programa desenvolve estratégias, identifica práticas de inovação e procura novas modalidades de acesso aos países compradores.

A Apex também mantém programas com mais de dez mil empresas de diversos setores da economia: de máquinas de construção a alimentos e bebidas, de produtos têxteis a eletroeletrônicos, a materiais médicos e odontológicos. Um exemplo é o Projeto de Extensão Industrial Exportadora (PEIEX), que capacita as empresas para exportação. “O objetivo é prepará-las para o mercado externo com informação, qualificação, participação em feiras ou rodadas de negócios – o que for mais adequado para o grau de maturidade das empresas”, explica Tiago Torres, coordenador do programa. A Apex também intermedeia investimentos para as pequenas empresas junto de entidades financeiras.

Recentemente, o MDIC criou um guia em que apresenta os passos básicos para quem quer exportar. A publicação oferece um roteiro com planejamento, passo a passo, onde buscar apoio. Tudo separado por setores de atuação: http://www.aprendendoaexportar.gov.br/inicial/index.htm

O programa Exporta Fácil, do Ministério das Comunicações e operado pelos Correios, é outra facilidade que já beneficiou mais de 12 mil empresários em mais de 10 anos de atuação. Destinado especialmente para exportações de pequeno porte, a operação é desburocratizada e simplificada, feita por meio do preenchimento de um único formulário, de produtos no valor de até US$ 50 mil, desde que os pacotes não ultrapassem 30 quilos.

Outra iniciativa que visa capacitar empresários para exportação é o “Planejando para Internacionalizar”. Realizado pelo Sebrae, ele dá um passo a passo para o processo de internacionalização de uma pequena empresa. O curso oferece 16 horas de capacitação (quatro encontros de quatro horas) e três horas de consultoria por empresa.

Fontes:
Sebrae
Apex-Brasil
Exporta Fácil
Ministério das Comunicações - Relatório de Exportação por Envios Postais
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Programa de Apoio Tecnológico à Exportação - PROGEX
Um roteiro para atender os requisitos para a exportação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil