Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 02 > Oportunidade e necessidade

Geral

Oportunidade e necessidade

Qual a diferença entre empreendedorismo por necessidade e por oportunidade. Como se comportam estas diferentes motivações para abrir um negócio e qual a importância desta classificação para o desenvolvimento dos países
por Portal Brasil publicado : 24/01/2012 12h13

A motivação para iniciar um negócio é um dos temas mais importantes em pesquisas sobre empreendedorismo porque demonstra o grau de maturidade e desenvolvimento de um país. Existem dois tipos de empreendedorismo: aquele buscado por necessidade e o motivado por oportunidade.

Empreendedores por necessidade são aqueles que iniciaram um empreendimento autônomo por não possuírem melhores opções para o trabalho e precisam abrir um negócio a fim de gerar renda para si e suas famílias.

Já os empreendedores por oportunidade optam por iniciar um novo negócio, mesmo quando possuem alternativas de emprego. Eles têm níveis de capacitação e escolaridade mais altos e empreendem para aumentar sua renda ou pelo desejo de independência no trabalho.

Enquanto o empreendedorismo por necessidade está mais suscetível à conjuntura econômica dos países e tende a diminuir quando a oferta de emprego é maior, o empreendedorismo por oportunidade tem maiores chance de sucesso e tem um forte impacto sobre o crescimento econômico de um país.

Pela pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2010 percebe-se que nos países com maior desenvolvimento econômico, a razão entre oportunida¬de e necessidade é superior à dos demais. Na Islândia, por exemplo, para cada empreendedor por necessidade há outros 11,2 por oportunidade. Já países com menor desenvolvimento econômico apresentam razões menores entre os empreendedores por oportunidade e necessidade.

No Brasil, os empreendedores por oportunidade são maioria, sendo que a relação oportunidade X necessidade tem sido superior a 1,4 desde o ano de 2007. Em 2010, para cada empreendedor por ne¬cessidade havia outros 2,1 que empreenderam por oportunidade. Esse valor é semelhante à média dos países que participaram da pesquisa, que foi de 2,2. Nos Estados Unidos, essa razão está um pouco acima da brasileira, de 2,4.

Entre os empreendedores por oportunidade, a pesquisa aponta que 43% o fizeram pela busca de maior independência e liberdade na vida profissional; 35,2% pelo aumento da renda pessoal; 18,5% apenas para a manutenção de sua renda pessoal, enquanto 3,3% citaram outros motivos. Agrupando os dois primeiros perfis, 78,2% vislum¬bram uma oportunidade de aprimorar a vida com o negócio que estão abrindo.

Independente da motivação, os países que apostam na capacitação dos empreendedores – seja por necessidade ou oportunidade – investem na geração de empresas mais eficientes e produtivas. Mesmo os empreendedores por necessidade podem gerar bons resultados para os seus negócios e transformar seus empreendimentos em oportunidade de novos ganhos.

Fontes:

- Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM)

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil