Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 02 > Terceirização é alternativa para aumentar eficiência

Economia e Emprego

Terceirização é alternativa para aumentar eficiência

Capaz de reduzir custos e tempo de serviço, a terceirização traz benefícios desde que contratada com cuidado
por Portal Brasil publicado: 01/02/2012 16h01 última modificação: 28/07/2014 16h52
Aproximadamente 80% das empresas no Brasil e no mundo têm origem ou gerência com pessoas da mesma família

Aproximadamente 80% das empresas no Brasil e no mundo têm origem ou gerência com pessoas da mesma família

Amplamente usada no Brasil, a terceirização pode livrar a empresa de perder tempo com atividades acessórias e se concentrar no seu objetivo principal. Pesquisa do Centro Nacional de Modernização (Cenam), de 2005, feita com mais de 2 mil empresas de todo o País, sendo 40% delas pequenas e médias, revela que 86% contratam ou já contrataram serviços terceirizados. Contudo, caso o empreendedor não tome algumas precauções, o trabalho terceirizado pode acabar trazendo mais problemas que benefícios.

Em primeiro lugar, deve estar claro para o micro e pequeno empresário que a atividade a ser terceirizada não pode ser aquela que está registrada como atividade fim da empresa. A legislação proíbe essa prática.

O critério para terceirizar ou não exige uma observação cuidadosa da empresa por parte do dono. “O empresário deve se perguntar: eu tenho alguma atividade, que não é atividade fim, que está consumindo muito tempo, muitos recursos?”, explica Haroldo Santos, analista do Sebrae MG.

A partir da definição do serviço que será passado adiante, o empreendedor deve ter em mente que qualquer empresa contratada também representará a marca do seu negócio. Portanto, é importante estabelecer no contrato questões relativas ao bom atendimento e boa apresentação de funcionários da empresa contratada. “O empresário não pode ver só o menor custo, tem que verificar se o serviço será bem feito e se o cliente será bem atendido, do contrário, pode ser um tiro no pé”, define o analista.

Para o presidente do Movimento Nacional da Micro e Pequena Empresa (Monampe), Ercílio Santorini, quem for contratar um serviço terceirizado deve atentar, também, para a idoneidade da contratada no mercado. Isso vale para qualquer tamanho de empresa.

“A proximidade entre contratante e contratada não pode ser esquecida”, diz Santos. Para ele, é fundamental que o empreendedor acompanhe de perto o trabalho que está sendo feito. “Jamais pode contratar o trabalho e esquecê-lo”.

Fontes:
Sebrae MG
Pesquisa do Centro Nacional de Modernização (Cenam)
Movimento Nacional da Micro e Pequena Empresa (Monampe)

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Pablo Claudino - Bancário
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Pablo Claudino - Bancário
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas

Últimas imagens

"Presidenta Dilma Rousseff e o presidente Enrique Peña Nieto assinaram uma série de acordos, para modernizar as relações econômicas entre os dois países"
"Presidenta Dilma Rousseff e o presidente Enrique Peña Nieto assinaram uma série de acordos, para modernizar as relações econômicas entre os dois países"
Roberto Stuckert Filho/ PR
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
O pedreiro Marcos César Alves Barbosa, de 28 anos,  comprou um imóvel pelo Minha Casa, Minha Vida em Florianópolis (SC)
O pedreiro Marcos César Alves Barbosa, de 28 anos, comprou um imóvel pelo Minha Casa, Minha Vida em Florianópolis (SC)
Foto: Cesar Souto/Caixa Econômica

Governo digital