Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 04 > Inscritos no Minha Casa, Minha Vida terão linha de financiamento para móveis e eletrodomésticos

Economia e Emprego

Inscritos no Minha Casa, Minha Vida terão linha de financiamento para móveis e eletrodomésticos

por Portal Brasil publicado: 23/04/2012 16h17 última modificação: 28/07/2014 16h46

A Caixa Econômica Federal lançou nesta segunda-feira (23) uma linha de financiamento para a compra de móveis e eletrodomésticos da linha branca, destinada aos participantes do Programa Minha Casa, Minha Vida. Para a nova linha, serão disponibilizados R$ 2 bilhões e as operações poderão ser contratadas a partir de 4 de maio.

Minha Casa, Minha Vida recebe R$ 2,8 bilhões de investimento.

O Cred Móveis Caixa é resultado de uma parceria entre o banco e a Associação Brasileira das Indústrias de Móveis (Abimóvel). A previsão é que a linha atenda cerca de 700 mil famílias. Esse número pode chegar a mais de 3 milhões de famílias, ao serem consideradas as que serão contempladas pelo programa, fases um e dois, até 2014.

As taxas variam de 1% a 2% ao mês, com prazo máximo de 48 meses. As taxas de juros serão definidas de acordo com a renda familiar dos interessados.

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

“Gasto de custeio da máquina do governo hoje é menor que em 2010”, diz ministro
A revolução agrícola brasileira
De acordo com representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic, País passou de grande importador a segundo maior exportador de commodities alimentares.
Um projeto para o futuro
Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, afirma que País tem grandes possibilidades de se tornar maior exportador mundial de alimentos.
“Gasto de custeio da máquina do governo hoje é menor que em 2010”, diz ministro
“Gasto de custeio da máquina do governo hoje é menor que em 2010”, diz ministro
De acordo com representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic, País passou de grande importador a segundo maior exportador de commodities alimentares.
A revolução agrícola brasileira
Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, afirma que País tem grandes possibilidades de se tornar maior exportador mundial de alimentos.
Um projeto para o futuro

Últimas imagens

Agências bancárias fecham nos dias 8 e 9 e retornam às atividades no dia 10
Agências bancárias fecham nos dias 8 e 9 e retornam às atividades no dia 10
Divulgação/EBC
Produção de soja permanece como o principal destaque
Produção de soja permanece como o principal destaque
Divulgação/Ministério da Agricultura

Contribuintes que receberam rendimentos superior a R$ 28.123,91 estão obrigados a apresentar declaração
Contribuintes que receberam rendimentos superior a R$ 28.123,91 estão obrigados a apresentar declaração
Divulgação/EBC
Ao todo, o volume exportado deste campo somou 59,1 milhões de barris de petróleo no ano passado
Ao todo, o volume exportado deste campo somou 59,1 milhões de barris de petróleo no ano passado
Divulgação/Petrobras
Governo federal que elevar participação brasileira no comércio mundial do agronegócio para 10% nos próximos três anos
Governo federal que elevar participação brasileira no comércio mundial do agronegócio para 10% nos próximos três anos
Divulgação/MDA

Governo digital