Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 06 > Consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2012 deve sair na sexta-feira (8)

Economia e Emprego

Consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2012 deve sair na sexta-feira (8)

por Portal Brasil publicado: 05/06/2012 15h40 última modificação: 28/07/2014 16h42

A Receita Federal deve liberar na próxima sexta-feira (8) a consulta ao primeiro lote regular da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2012. Este ano, aproximadamente 25,24 milhões de contribuintes enviaram a declaração. No ano passado, 24,3 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.

A liberação das restituições no banco começa em 15 de junho e vai até 17 de dezembro, com lotes regulares liberados a cada mês.

Embora a prioridade seja para quem tem mais de 60 anos e quem preencheu a declaração corretamente, nada impede, segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, que outros contribuintes sejam incluídos nos primeiros lotes de restituição. O prazo para a entrega da declaração terminou no dia 30 de abril.

Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal ou ligar para o Receitafone 146.

De acordo com a Receita, os contribuintes com direito à restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) podem receber o aviso da liberação do dinheiro por mensagem de texto, enviada para o telefone celular previamente cadastrado. A mensagem será remetida sempre que a restituição for disponibilizada para resgate.

O contribuinte poderá cancelar ou alterar o número do celular para o recebimento da mensagem SMS por meio de cadastro feito pela internet.

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

TáxiGov possibilitará redução de gastos públicos com transporte ao governo
O sistema está em fase de teste pelo Ministério do Planejamento. Com a iniciativa, o órgão gradualmente deixará de usar a frota própria e estima reduzir suas despesas em 60%, o que soma uma economia de R$ 20 milhões ao ano
Governo trabalha para equiparar regras para a previdência social
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, conversou com jornalistas após participar da Comissão Especial da Câmara dos Deputados
Exportações brasileiras crescem mais de 7%
Para o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a taxa de câmbio mais estável e programas de incentivos à exportação impulsionaram as empresas brasileiras a se lançarem no mercado internacional
O sistema está em fase de teste pelo Ministério do Planejamento. Com a iniciativa, o órgão gradualmente deixará de usar a frota própria e estima reduzir suas despesas em 60%, o que soma uma economia de R$ 20 milhões ao ano
TáxiGov possibilitará redução de gastos públicos com transporte ao governo
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, conversou com jornalistas após participar da Comissão Especial da Câmara dos Deputados
Governo trabalha para equiparar regras para a previdência social
Para o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a taxa de câmbio mais estável e programas de incentivos à exportação impulsionaram as empresas brasileiras a se lançarem no mercado internacional
Exportações brasileiras crescem mais de 7%

Últimas imagens

No estado, propostas das agricultoras direcionaram-se, em sua maioria, à expansão da pecuária leiteira
No estado, propostas das agricultoras direcionaram-se, em sua maioria, à expansão da pecuária leiteira
Divulgação/Incra
Em novembro do ano passado, foram R$ 150 milhões
Em novembro do ano passado, foram R$ 150 milhões
Arquivo/Agência Brasil
Créditos estarão disponíveis a partir do dia 10 de março e serão pagos até 31 de julho de 2017
Créditos estarão disponíveis a partir do dia 10 de março e serão pagos até 31 de julho de 2017
Divulgação/EBC
A maneira segura para acessar o saldo do FGTS é por meio dos canais oficiais da Caixa, nas agências ou pelo SAC
A maneira segura para acessar o saldo do FGTS é por meio dos canais oficiais da Caixa, nas agências ou pelo SAC
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital