Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 08 > Liberados recursos destinados à merenda escolar

Economia e Emprego

Liberados recursos destinados à merenda escolar

por Portal Brasil publicado: 02/08/2012 11h45 última modificação: 28/07/2014 16h35
Divulgação/Ministério do Desenvilvimento Agrário Programa Nacional de Alimentação Escolar garante a alimentação escolar dos alunos de toda a educação básica

Programa Nacional de Alimentação Escolar garante a alimentação escolar dos alunos de toda a educação básica

Orçamento é de R$ 3,3 bilhões, para beneficiar 45 milhões de alunos da educação básica e de jovens e adultos

 

As secretarias de educação dos estados, do Distrito Federal e dos municípios já podem sacar a sexta parcela do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), disponível a partir desta quinta-feira (2).

Os recursos, no valor total de R$ 355,4 milhões, foram depositados na terça-feira (1º) pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), sendo R$ 239,4 milhões destinados ao atendimento dos alunos da rede municipal e R$ 116 milhões para a rede estadual de ensino.

O dinheiro do programa é transferido em dez parcelas mensais e deve ser utilizado na aquisição de produtos para a merenda escolar, sendo 30% empregados na compra direta de produtos da agricultura familiar.

Este ano, o orçamento é de R$ 3,3 bilhões, para beneficiar 45 milhões de alunos da educação básica e de jovens e adultos. O valor específico destinado a cada cidade pode ser conferido pelo portal eletrônico do FNDE, em Liberações de Recursos.

 

Pnae

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) foi implantado em 1955 e garante a alimentação escolar dos alunos de toda a educação básica - educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos - matriculados em escolas públicas e filantrópicas.

A proposta é atender as necessidades nutricionais dos estudantes durante sua permanência em sala de aula, contribuindo para o crescimento, desenvolvimento, aprendizagem e rendimento escolar dos alunos, bem como promover a formação de hábitos alimentares saudáveis.

Atualmente, o valor repassado pela União a estados e municípios para cada aluno cobre 200 dias letivos e é definido de acordo com a etapa de ensino.

 

Leia mais:

Rede Brasil Rural quer ampliar consumo de produtos da agricultura familiar nas escolas

União libera R$ 606,8 milhões de complemento para educação básica em nove estados

Ministérios avaliam implementação da Lei da Alimentação Escolar

Duplicado o limite de vendas de pequenos produtores às escolas

 

Fonte:
Ministério da Educação
FNDE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Pablo Claudino - Bancário
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Ministro pede negociações em Curitiba
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Pablo Claudino - Bancário
Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, pede diálogo e volta das negociações entre governo e professores de Curitiba
Ministro pede negociações em Curitiba
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas

Governo digital