Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 09 > Apostadores podem participar do Bolão da Caixa a partir de segunda-feira 1º

Economia e Emprego

Apostadores podem participar do Bolão da Caixa a partir de segunda-feira 1º

por Portal Brasil publicado: 28/09/2012 15h01 última modificação: 28/07/2014 16h36
Divulgação / EBC O Bolão da Caixa reune grupos de apostas, mas o prêmio é entregue indidualmente a cada participante

O Bolão da Caixa reune grupos de apostas, mas o prêmio é entregue indidualmente a cada participante

A oficialização do jogo permite apostas em grupo e premiação individual para cada participante


O Bolão da Caixa, nova modalidade de apostas nas Loterias da Caixa Econômica Federal, começa a funcionar nesta segunda-feira (1) em todas as casas lotéricas do País. De forma oficializada, os apostadores vão poder se reunir e concorrer juntos aos prêmios  da Mega-Sena, Dupla SenaQuina, Loteca e Lotofácil. O sistema garante total segurança aos participantes do bolão.

Para participar do bolão, os apostadores podem se organizar em grupos, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar na casa lotérica. Cada apostador participante tem seu próprio recibo e, se for premiado, pode resgatar sua parte de acordo com sua conveniência.

Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente. Os volantes normais passarão a exibir um novo campo especialmente para esse tipo de aposta, com as opções de quantidade de cotas para marcação em caso de bolão.

As unidades lotéricas também podem organizar o bolão, agrupando pessoas sem que até mesmo se conheçam. Neste caso, o lotérico poderá cobrar uma taxa de serviço, que é um valor adicional de até 35% do valor da cota. A taxa de serviço somente pode ser cobrada em caso de bolão organizado pela unidade lotérica, e não pode ser cobrada quando o bolão for realizado diretamente pelos apostadores.

O objetivo do Bolão Caixa é oferecer segurança e transparência aos apostadores. Para o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias, Fábio Cleto, a nova modalidade vem atender a um desejo dos apostadores. “Essa nova plataforma de apostas em grupo foi construída a partir do que observamos e ouvimos do próprio apostador, por isso temos certeza de que vai ser um sucesso”, garante.

Funcionamento

No Bolão Caixa, o número mínimo de participantes é de 2 e o máximo pode chegar a 100, dependendo da modalidade escolhida. O valor mínimo para apostas é de R$ 10 por bolão, e nesse caso o máximo de jogos por recibo de apostas é de 10. Todas as apostas terão o mesmo preço, a mesma probabilidade de ganhar e o mesmo prêmio, em caso de bolão premiado.

Quem quiser participar do Bolão Caixa poderá escolher entre a Mega-Sena, Quina, Lotofácil (apostas de 16, 17 e 18 números), Dupla Sena e Loteca. Cada uma dessas modalidades das loterias terá um valor máximo de participantes, que foi definida de acordo com critérios matemáticos e estatísticos.

Lotéricas

Outras operações podem ser realizadas em lotéricas, como a consulta de saldo e extrato de contas da Caixa, do FGTS, do PIS e de aplicações. É possível também efetuar saques e depósitos em conta corrente e poupança do banco público. Nas lotéricas, o cidadão também pode pagar tributos municipais, estaduais e federais, contas de água, luz e telefone e boletos de cobranças bancárias, além da contratação do seguro popular.

Atualmente, existem 11.600 estabelecimentos distribuídos por todo o Brasil atuando como correspondentes bancários. Até o final do ano, cerca de 300 municípios que não têm lotéricas receberão unidades.

Leia mais:
Cidadão pode contratar seguro de vida em lotéricas com valor a partir de R$ 30 ao ano
Instalação de mais lotéricas irá ampliar acesso a serviços bancários
Valor apostado em loterias da Caixa é recorde em 2011

Fonte:

Caixa Econômica Federal

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Pablo Claudino - Bancário
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Pablo Claudino - Bancário
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas

Últimas imagens

"Presidenta Dilma Rousseff e o presidente Enrique Peña Nieto assinaram uma série de acordos, para modernizar as relações econômicas entre os dois países"
"Presidenta Dilma Rousseff e o presidente Enrique Peña Nieto assinaram uma série de acordos, para modernizar as relações econômicas entre os dois países"
Roberto Stuckert Filho/ PR
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
O pedreiro Marcos César Alves Barbosa, de 28 anos,  comprou um imóvel pelo Minha Casa, Minha Vida em Florianópolis (SC)
O pedreiro Marcos César Alves Barbosa, de 28 anos, comprou um imóvel pelo Minha Casa, Minha Vida em Florianópolis (SC)
Foto: Cesar Souto/Caixa Econômica

Governo digital