Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2012 > 11 > Consulta ao sexto lote do Imposto de Renda de 2012 será liberada nesta quinta-feira (8)

Economia e Emprego

Consulta ao sexto lote do Imposto de Renda de 2012 será liberada nesta quinta-feira (8)

por Portal Brasil publicado: 07/11/2012 14h41 última modificação: 28/07/2014 16h35
Exibir carrossel de imagens Portal Brasil O aplicativo serve para smartphones e tablets e a consulta deve ser feita por pessoa física

O aplicativo serve para smartphones e tablets e a consulta deve ser feita por pessoa física

A Receita também vai depositar valores referentes aos lotes residuais dos exercícios 2008, 2009, 2010 e 2011


A Receita Federal vai liberar nesta quinta-feira (8) a consulta ao sexto lote do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2012. Cerca de 470 mil contribuintes que ainda não receberam a restituição do Imposto de Renda serão ressarcidos pelo Fisco.

O dinheiro será depositado no dia 16 deste mês. Ao todo, serão R$ 1,089 bilhão para pagar 544.619 contribuintes. Desse total, R$ 944,2 milhões serão usados no pagamento de 468.001 contribuintes que declararam neste ano.

As restituições do Imposto de Renda referentes ao ano de 2012 serão corrigidas em 4,90%. Para os lotes de outros anos, os acréscimos serão 15,65% (2011), 25,80% (2010), 34,26% (2009) e 46,33% (2008). As correções correspondem à variação da taxa Selic entre maio do ano de entrega da declaração a novembro deste ano.

A restituição ficará disponível no banco indicado na declaração durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita ou ligar para o Receitafone 146.

 

Lote residual de outros exercícios

No caso do exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 37.695 contribuintes, totalizando R$ 91.441.018,86, já acrescidos da taxa selic de 15,65 % (maio de 2011 a novembro de 2012).

Quanto ao lote residual do exercício de 2010, serão creditadas restituições para um total de 15.594 contribuintes, totalizando R$ 23.662.999,84, já acrescidos da taxa selic de 25,80% (maio de 2010 a novembro de 2012).

Com relação ao lote residual do exercício de 2009, serão creditadas restituições para um total de 11.141 contribuintes, totalizando R$ 17.731.218,49, já atualizados pela taxa selic de 34,26%, (período de maio de 2009 a novembro de 2012).

Referente ao lote residual de 2008, serão creditadas restituições para um total de 12.188 contribuintes, totalizando de R$ 12.104.709,70, já atualizados pela taxa selic de 46,33%, (período de maio de 2008 a novembro de 2012).

A Receita informa, também, que, caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

 

Consultas

A Receita Federal lançou aplicativo destinado a smartphones e tablets, com sistema operacional Android e iOS (Apple iPhone). Este aplicativo possui funcionalidades destinadas às pessoas físicas. Com ele, é possível consultar informações sobre liberação das restituições das declarações do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Estão disponíveis quatro serviços. Pelo serviço Restituição IRPF, é possível consultar o resultado da restituição das declarações entregues desde 1999. O Consulta CPF permite de forma rápida e prática a visualização da situação cadastral da inscrição CPF na base da Receita Federal. Este serviço é um dos mais solicitados na página da Receita na internet.

O serviço Orientações sobre Restituição procura responder as principais perguntas sobre restituição do Imposto de Renda da Pessoas Física. Em Avaliação, o usuário poderá colaborar com a melhoria do aplicativo. Além de atribuir nota para os serviços disponibilizados, navegação e clareza das informações, o usuário poderá enviar suas sugestões para versões futuras.

O aplicativo é gratuito e o download pode ser feito no Android market (Google Play) ou na Apple Store.

 

Fonte:
Receita Federal
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Pablo Claudino - Bancário
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
José Aparecido - Padeiro
O José Aparecido é um simpático padeiro que já treinou muita gente nessa vida
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Pablo Claudino - Bancário
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
O José Aparecido é um simpático padeiro que já treinou muita gente nessa vida
José Aparecido - Padeiro

Governo digital