Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2013 > 01 > Receita começa a pagar o primeiro lote da malha fina do IR 2012

Economia e Emprego

Receita começa a pagar o primeiro lote da malha fina do IR 2012

por Portal Brasil publicado: 15/01/2013 10h59 última modificação: 30/07/2014 00h25
Divulgação / Serpro O uso dos aplicativos é uma das opções para o contribuinte realizar consultas referentes à Receita

O uso dos aplicativos é uma das opções para o contribuinte realizar consultas referentes à Receita

A Receita Federal liberou consulta de lotes residuais do IR no dia 8 de janeiro e, a partir desta terça (15), começa a creditar as restituições


Está liberado o pagamento do primeiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2012 da malha fina. As restituições depositadas a partir desta terça-feira (15) se referem aos contribuintes que se encontravam na malha fina,  além disso, estarão disponíveis os valores referentes às declarações dos exercícios de 2011, 2010, 2009 e 2008. A consulta ao lote está disponível no site da Receita

Para o exercício de 2012, serão creditadas restituições para um total de 79.484 contribuintes, com correção de 6%. Do exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 11.513 contribuintes, com correção de 16,75%.

De 2010, serão 6.781 restituições, com correção de 26,9% e de 2009, o número chega a 4.613, corrigidas em 35,36%. Do exercício de 2008, serão creditadas restituições para um total de 4.703 contribuintes, com correção de 47,43%.

A Receita lembra que a restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deverá procurar qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento do banco por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em qualquer banco. Outra alternativa para as pessoas físicas, informa a Receita, é utilizar um aplicativo para tablets e smartphones.

 

Aplicativos

Os aplicativos disponibilizados permitem, entre outras coisas, a consulta das restituições desde 1999 e a situação cadastral de inscrição no CPF. O aplicativo é gratuito e pode ser utilizado para o Android, sistema do Google, e o iOS, criado pela Apple.

Malha fina

De acordo com a Receita Federal, 616.569 declarações ficaram retidas na malha fina em 2012, um número maior que o do ano passado, que foi de 569.671. O principal motivo para a incidência na malha fina foi a omissão de rendimentos, que concentrou 69,12% das declarações retidas.

As despesas médicas vieram em segundo lugar, com 11,56% das retenções. Para sair da malha fina, o contribuinte deve preencher uma declaração retificadora, mas só receberá a restituição em lote residual nos anos seguintes.

Imposto de Renda

O tributo que incide sobre a renda, investimentos e os bens do cidadão (seja ele um profissional autônomo, assalariado em carteira, investidor, pessoa física ou jurídica) tem abrangência federal. Os recursos provenientes desse recolhimento são fundamentais para a atuação dos poderes públicos federal, estadual e municipal.

Saúde, educação e desenvolvimento social - por meio de programas de transferência de renda como o Bolsa Família, por exemplo - estão entre os setores beneficiados com a arrecadação. Obras de infraestrutura e de recuperação de estradas, ações de defesa do meio ambiente, de segurança pública e o estímulo à pesquisa científica, cultura e esporte também são financiados com o dinheiro do cidadão.

Fonte:

Agência Brasil
Receita Federal
Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Pablo Claudino - Bancário
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
A agricultora Lindaci Maria dos Santos conta sua história, as mudanças em sua vida após a mudança para a chácara no Lago Oeste (DF) e os novos projetos dos agricultores orgânicos incentivados pelo Sebrae na região.
Agricultura familiar | Lindaci Maria dos Santos
O 1° de Maio está sendo comemorado em um momento crucial para as relações trabalhistas do Brasil.
Pablo Claudino - Bancário
Nesta quinta (30), véspera do Dia Internacional do Trabalhador, Dilma Rousseff recebeu representantes de diversas centrais sindicais
Dilma decreta criação de fórum para debater políticas trabalhistas

Últimas imagens

"Presidenta Dilma Rousseff e o presidente Enrique Peña Nieto assinaram uma série de acordos, para modernizar as relações econômicas entre os dois países"
"Presidenta Dilma Rousseff e o presidente Enrique Peña Nieto assinaram uma série de acordos, para modernizar as relações econômicas entre os dois países"
Roberto Stuckert Filho/ PR
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
Brasília/DF - 25/05/2015 - Lindaci Maria dos Santos Cortes, 51, produz alimentos orgânicos em uma chácara no Distrito Federal. Foto: Iano Andrade / Portal Brasil
O pedreiro Marcos César Alves Barbosa, de 28 anos,  comprou um imóvel pelo Minha Casa, Minha Vida em Florianópolis (SC)
O pedreiro Marcos César Alves Barbosa, de 28 anos, comprou um imóvel pelo Minha Casa, Minha Vida em Florianópolis (SC)
Foto: Cesar Souto/Caixa Econômica

Governo digital