Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2013 > 02 > Consulta ao 2º lote de restituição residual do IRPF será aberta nesta quarta (6)

Economia e Emprego

Consulta ao 2º lote de restituição residual do IRPF será aberta nesta quarta (6)

por Portal Brasil publicado: 05/02/2013 16h16 última modificação: 30/07/2014 00h25
Divulgação / Serpro O uso dos aplicativos é uma das opções para o contribuinte realizar consultas referentes à Receita

O uso dos aplicativos é uma das opções para o contribuinte realizar consultas referentes à Receita

Para o exercício de 2012, serão creditadas restituições para um total de 64,2 mil contribuintes, totalizando R$ 119.428.129,57

 

Será liberada às 9h desta quarta-feira (6), pela Receita Federal, a consulta ao lote multiexercício do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) - exercícios 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008. No próximo dia 15 serão creditadas, simultaneamente, as restituições referentes aos lotes residuais do exercício de 2012 (ano calendário 2011), de 2011 (2010), de 2010 (2009), de 2009 (2008) e de 2008 (referente à 2007), mediante depósito bancário, para um total de 92,5 mil contribuintes, totalizando R$ 171.739.700,12.

Para o exercício de 2012, serão creditadas restituições para um total de 64,2 mil contribuintes, totalizando R$ 119.428.129,57, já acrescidos da taxa selic de 6,60 % (maio de 2012 a fevereiro de 2013). Desse total, 7,1 mil referem-se aos contribuintes de que trata a Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), correspondendo R$ 28.074.185,75.

Já para o exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 12,5 mil contribuintes, totalizando R$ 27.075.957,61, já acrescidos da taxa selic de 17,35 % (maio de 2011 a fevereiro de 2013).

Quanto ao lote residual do exercício de 2010, serão creditadas restituições para um total de 7,2 mil contribuintes, totalizando R$ 14.506.495,65, já acrescidos da taxa selic de 27,50% (maio de 2010 a fevereiro de 2013).

Com relação ao lote residual do exercício de 2009, serão creditadas restituições para um total de 4,7 mil contribuintes, totalizando R$ 7.021.121,57, já atualizados pela taxa selic de 35,96% , (maio de 2009 a fevereiro de 2013).

Referente ao lote residual de 2008, serão creditadas restituições para um total de 3,7 mil contribuintes, totalizando de R$ 3.707.995,72, já atualizados pela taxa selic de 48,03%, (maio de 2008 a fevereiro de 2013).

 

Consulta

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone 146. Também está disponível o aplicativo para tablets e smarthphones que facilita a consulta a declarações de IR e situação cadastral no CPF.

A ferramenta possui funcionalidades destinadas às pessoas físicas, nas quais podem ser consultadas informações sobre liberação das restituições das declarações do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF diretamente nas bases da Receita Federal.

Nesta versão foram disponibilizados quatro serviços: o serviço Restituição IRPF, onde é possível consultar o resultado da restituição IRPF das declarações entregues desde 1999; a Consulta CPF, que permite de forma rápida e prática visualizar a situação cadastral da inscrição CPF na base da Receita Federal; o serviço Orientações sobre Restituição, que responde às principais perguntas sobre restituição do IRPF; e o Avaliação, que permite que o usuário colabore com a melhoria do aplicativo, atribuindo nota para os serviços disponibilizados e enviando sugestões para versões futuras.

O aplicativo é gratuito e pode ser utilizado para o Android, sistema do Google, e o iOS, criado pela Apple. Para fazer o download do aplicativo, o contribuinte tem as seguintes opções:

Versão para o sistema operacional Android .

Versão para o sistema operacional iOS.

 

Resgate

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

 

 

Fonte:
Receita Federal

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil