Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2013 > 08 > Educação Financeira do Banco Central

Economia e Emprego

Educação Financeira do Banco Central

Serviço

Banco Central tem programa para disseminar os conhecimentos sobre economia e finanças. Confira os cursos
por Portal Brasil publicado: 01/08/2013 00h00 última modificação: 30/07/2014 00h26

O Banco Central possui um Programa de Educação Financeira para tentar se aproximar mais dos cidadãos brasileiros e disseminar os conhecimentos sobre economia e finanças.

O programa prevê ações educativas de curto, médio e longo prazo para a população em geral e estudantes de todos os níveis e está estruturado em cinco pilares básicos:

  - Planejamento Financeiro: como administrar melhor o dinheiro, noções sobre orçamento (empresarial ou doméstico), compras a prazo, aplicações, consumo planejado ;

- Economia: conhecimentos básicos sobre inflação, taxas de juros, variação cambial, indicadores econômicos, poupança, dívidas interna e externa, além de outros temas da atualidade, relacionados ao dia-a-dia das pessoas;

-  Operações Financeiras: conceitos bancários, tipos de operações, o que são e como funcionam os agentes financeiros, direitos e deveres do correntista, denúncias e reclamações, relacionamento com o Banco Central (entidades reguladoras e de supervisão etc.), microfinanças (microcrédito e cooperativas);

- Banco Central: o que são, como agem, funções, limites de atuação tanto do Banco Central do Brasil e demais bancos centrais mundiais;

- Meio Circulante: uso e preservação de cédulas e moedas; combate à falsificação; história do dinheiro.

- Ações implementadas pelo Programa de Educação Financeira:

Projeto Museu-Escola

Visitas monitoradas de escolas ao Museu de Valores (DF), onde são desenvolvidas atividades lúdico-pedagógicas adequadas à faixa etária e ao nível de escolaridade da turma. São atendidas, anualmente, cerca de15 mil estudantes das escolas públicas e privadas do Distrito Federal e entorno. Nas visitas de grupos escolares, que precisam ser previamente marcadas, os estudantes recebem informações sobre o dinheiro e sua história, além do papel do Banco Central. Ao final das visitas, são entregues publicações do Museu de Valores e do Programa de Educação Financeira .

Projeto O Museu Vai à Escola

Extensão do Projeto Museu-Escola, leva as palestras e exposições às escolas do Distrito Federal e do entorno com o objetivo de divulgar a história do dinheiro no Brasil e no mundo. Faz uso de recursos audiovisuais e de publicações do Museu de Valores e do Programa de Educação Financeira.

Projeto BC Jovem

Área do site do Banco Central destinada ao público infanto-juvenil com o objetivo de educar financeiramente esse público. Encontra-se em reformulação, mas seu conteúdo está disponível para visitas. Em breve, terá área de apoio para pais e professores, novos jogos e conteúdos, segmentados em três faixas etárias, para os ensinos fundamental e médio.

Projeto BC e Universidade

Palestras mensais, ministradas por servidores do Banco Central nos auditórios do edifício-sede, dirigidas aos estudantes de nível superior, esclarecendo a atuação e as funções da Organização. As palestras são retransmitidas para todas as gerências-regionais do Banco Central. Os presentes recebem a cartilha “Banco Central, Fique por Dentro” além de publicações vinculadas aos temas das palestras. É possível baixar os conteúdos das palestras até 2009. Desde então, por conta de obras nos auditórios, o projeto está paralisado.

Cartilhas do Banco Central:

Cadernos BC - Série Educativa

O pagamento mágico  (PDF - 2,5 Mb)
O que é um Banco Central  (PDF - 1,2 Mb)
O fantasma da inflação  (PDF - 1,0 Mb)
O que é o dinheiro  (PDF - 1,0 Mb)
O que são os bancos  (PDF - 1,1 Mb)
Cartilha Dinheiro no Brasil  (PDF - 6,3 Mb)
Revista Dinheiro Custa Dinheiro  (PDF - 19,3 Mb)
Cartilha Banco Central: Fique por Dentro  (PDF - 858 Kb)

Fonte:

Programa de Educação Financeira do Banco Central

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Nova meta fiscal prevê economia de R$74 bilhões a mais que planejamento anterior
Presidente interino, Michel Temer, entrega nova meta fiscal para o Senado Federal, nesta segunda (23)
Cresce número de cervejarias registradas no País
Entre o início de abril e a primeira quinzena de maio, o número de cervejarias no país, registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,​ passou de 320 para 397
Dilma participa da abertura da colheita em Eldorado do Sul
Presidenta também inaugurou a unidade de secagem e armazenagem de arroz da Cooperativa dos Trabalhadores Assentados de Porto Alegre
Presidente interino, Michel Temer, entrega nova meta fiscal para o Senado Federal, nesta segunda (23)
Nova meta fiscal prevê economia de R$74 bilhões a mais que planejamento anterior
Entre o início de abril e a primeira quinzena de maio, o número de cervejarias no país, registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,​ passou de 320 para 397
Cresce número de cervejarias registradas no País
Presidenta também inaugurou a unidade de secagem e armazenagem de arroz da Cooperativa dos Trabalhadores Assentados de Porto Alegre
Dilma participa da abertura da colheita em Eldorado do Sul

Últimas imagens

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante entrevista coletiva à imprensa nesta terça-feira (24)
Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante entrevista coletiva à imprensa nesta terça-feira (24)
Foto: Agência Brasil
Em um único ambiente eletrônico estarão as informações relacionadas à titularidade dos imóveis envolvendo operações como alienações, doações e garantias
Em um único ambiente eletrônico estarão as informações relacionadas à titularidade dos imóveis envolvendo operações como alienações, doações e garantias
Foto: Pref. de Jundiaí/SP
Além de corrigir a tabela do IRPF, o projeto reduz benefícios fiscais concedidos às centrais petroquímicas e às indústrias químicas
Além de corrigir a tabela do IRPF, o projeto reduz benefícios fiscais concedidos às centrais petroquímicas e às indústrias químicas
Foto: Governo da BA
Mulheres ativas no mercado de trabalho – ou seja, que exercem alguma atividade remunerada – chegam a dedicar quase o dobro do tempo aos afazeres domésticos na comparação com os homens inativos
Mulheres ativas no mercado de trabalho – ou seja, que exercem alguma atividade remunerada – chegam a dedicar quase o dobro do tempo aos afazeres domésticos na comparação com os homens inativos
Foto: Foto: Sergio Amaral/MDS

Governo digital