Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2014 > 01 > Governo entrega caminhões-caçamba em Goiás

Economia e Emprego

Governo entrega caminhões-caçamba em Goiás

PAC

Ao todo, 47 cidades, com até 50 mil habitantes, do Norte e do Nordeste, foram beneficiadas com um caminhão cada
por Portal Brasil publicado: 27/01/2014 17h54 última modificação: 30/07/2014 02h13

Novos caminhões-caçamba da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) foram entregues pelo ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas, nesta segunda-feira (27), em Brasília.

Ao todo, 47 cidades, com até 50 mil habitantes, das regiões Norte e Nordeste, foram beneficiadas com um caminhão cada.

Devido à proximidade dos municípios contemplados nesta ação a entrega foi na capital federal. Conforme o ministro Pepe Vargas, além de beneficiar a população que vive no meio rural, o programa estimula a indústria de máquinas e equipamentos.

“O programa é muito importante porque contribui para quem vive no campo e, também, para quem vive nas cidades e trabalha na indústria”, destacou Vargas.

Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Contag), Alberto Broch, o programa é o resultado de muita participação e esforço coletivo dos movimentos envolvidos com a agricultura familiar.

“Muitos agricultores e assentamentos têm muitas dificuldades e esses equipamentos vão beneficiar os que realmente necessitam”, afirmou Broch. 

Ao todo, mais de 150 mil moradores da zona rural goiana, dentre eles 21 mil famílias de agricultores familiares, passarão a contar com as novas máquinas.

Os equipamentos vão ajudar na revitalização de estradas vicinais e no escoamento da produção. O investimento do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no maquinário soma aproximadamente R$ 11 milhões.

O prefeito de Trombas, um dos municípios contemplados nesta entrega, Catarino José da Silva, afirma que o maquinário vem em boa hora. “Até temos algumas máquinas no município, mas elas são de 1990 e estão em péssimo estado”, explicou.

Em Trombas, cerca de 900 moradores da zona rural vão se beneficiar com o trabalho das máquinas. Segundo o prefeito, o município tem sete assentamentos e 1.500 quilômetros de estradas vicinais.

“Vamos recuperar todo esse percurso. O caminho mais longo, que leva o campo à cidade, tem 60 quilômetros. Vai ser mais rápido chegar à cidade com essa estrada em bom estado”, afirmou Silva.

O prefeito também é presidente da Associação dos Municípios do Norte de Goiás (Amunorte – GO), que contempla 27 municípios. “Todos os municípios do norte se enquadram nas exigências do PAC 2 e estão sendo atendidos. Ao todo, são mais de 30 mil agricultores familiares que serão beneficiados”, disse.

PAC 2 em Goiás

Com esta entrega, o estado passa a contar com 47 caminhões-caçamba, 226 retroescavadeiras e 59 motoniveladoras, totalizando 332 equipamentos entregues.

Todos os municípios do estado, com menos de 50 mil habitantes, fora de grandes centros, já foram contemplados com máquinas retroescavadeiras pelo PAC 2.

Ainda este ano serão entregues mais 346 máquinas para o estado: 167 motoniveladoras e 179 caminhões caçamba. Ao final das entregas, o investimento total estimado será de R$ 177,2 milhões.

Confira a relação dos municípios beneficiados com esta entrega:

  • Abadiânia
  • Água Fria de Goiás
  • Alexânia
  • Alto Horizonte
  • Alto Paraíso de Goiás
  • Alvorada do Norte
  • Barro Alto
  • Buritinópolis
  • Cabeceiras
  • Campinaçu
  • Campinorte
  • Campos Belos de Goiás
  • Campos Verdes
  • Cavalcante
  • Cocalzinho de Goiás
  • Colinas do Sul
  • Corumbá de Goiás
  • Cristalina
  • Damianópolis
  • Divinópolis de Goiás
  • Flores de Goiás
  • Guarani de Goiás
  • Guarinos
  • Hidrolina
  • Iaciara
  • Mambaí
  • Mimoso de Goiás
  • Minaçu
  • Monte Alegre de Goiás
  • Niquelândia
  • Nova Iguaçu de Goiás
  • Nova Roma
  • Padre Bernardo
  • Pilar de Goiás
  • Posse
  • Santa Rita do Novo Destino
  • Santa Terezinha de Goiás
  • São Domingos
  • São João D'Aliança
  • São Luiz do Norte
  • Simolândia
  • Sítio D'Abadia
  • Teresina De Goiás
  • Trombas
  • Uruaçu
  • Vila Boa
  • Vila Propício

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Auxílio-Doença
O valor do benefício, desde 1º de março, não pode exceder a média das últimas 12 contribuições, e o prazo de afastamento a ser pago pelo empregador foi estendido de 15 para 30 dias. Somente após esse período, o trabalhador precisará comparecer ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
Pensão por Morte
Desde o dia 1º março, está sendo observado um tempo mínimo de contribuição de dois anos para a concessão da Pensão por Morte, exceto em casos de acidente de trabalho, e doença profissional ou do trabalho.
Abono salarial
O tempo de recebimento do benefício é agora de, no mínimo, seis meses ininterruptos de trabalho. Antes, bastava ter apenas um mês no emprego para receber o dinheiro do abono. Outra mudança será o pagamento proporcional ao tempo trabalhado, do mesmo modo que ocorre atualmente com o décimo terceiro salário. Pela regra anterior do abono salarial, o benefício era pago integralmente para os trabalhadores, independentemente do tempo trabalhado
O valor do benefício, desde 1º de março, não pode exceder a média das últimas 12 contribuições, e o prazo de afastamento a ser pago pelo empregador foi estendido de 15 para 30 dias. Somente após esse período, o trabalhador precisará comparecer ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
Auxílio-Doença
Desde o dia 1º março, está sendo observado um tempo mínimo de contribuição de dois anos para a concessão da Pensão por Morte, exceto em casos de acidente de trabalho, e doença profissional ou do trabalho.
Pensão por Morte
O tempo de recebimento do benefício é agora de, no mínimo, seis meses ininterruptos de trabalho. Antes, bastava ter apenas um mês no emprego para receber o dinheiro do abono. Outra mudança será o pagamento proporcional ao tempo trabalhado, do mesmo modo que ocorre atualmente com o décimo terceiro salário. Pela regra anterior do abono salarial, o benefício era pago integralmente para os trabalhadores, independentemente do tempo trabalhado
Abono salarial

Últimas imagens

Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Quadro indica capacidade de abastecimento e também de consumo de pescados no Brasil
Esse é o segundo poço perfurado com sucesso pelo consórcio de Libra e encontra-se a 18 km de distância do primeiro poço, denominado 3-RJS-731.
Esse é o segundo poço perfurado com sucesso pelo consórcio de Libra e encontra-se a 18 km de distância do primeiro poço, denominado 3-RJS-731.
Agência Petrobras
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Conheça os principais termos relacionados ao Imposto de Renda
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Informações sobre como solicitar auxílio do Garantia-Safra
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Ministro Helder Barbalho e a superintendente federal da Pesca e Aquicultura no estado do Rio de Janeiro, Suely Amaral
Divulgação/MPA

Governo digital