Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2015 > 01 > Preço líquido permanecerá inalterado, informa a Petrobras

Economia e Emprego

Preço líquido permanecerá inalterado, informa a Petrobras

Gasolina e diesel

Comunicado foi emitido pela companhia após a decisão do Ministério da Fazenda em elevar alguns tributos, entre eles, o PIS/Cofins e a Cide
por Portal Brasil publicado: 20/01/2015 13h35 última modificação: 20/01/2015 13h35

A Petrobras informou, nessa segunda-feira (19), que não vai alterar o preço líquido da gasolina e do diesel. 

O comunicado foi emitido pela companhia após a decisão do Ministério da Fazenda em elevar alguns tributos, entre eles, o PIS/Cofins e a Cide, que incidem diretamente no combustível.

Segundo a empresa, "os preços desses derivados nas refinarias serão acrescidos dos valores de PIS/Cofins e CIDE".

Confira o comunicado na íntegra:

A Petrobras informa que em decorrência da decisão do Governo Federal de elevação de tributos sobre a gasolina e diesel, os preços desses derivados nas refinarias serão acrescidos dos valores de PIS/Cofins e CIDE, ficando o preço líquido para a Petrobras inalterado.

Entenda

Na segunda-feira (19), o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, anunciou um conjunto de quatro medidas visando aumentar a arrecadação federal em R$ 20,63 bilhões em 2015. De acordo o ministro, as medidas buscam atingir a meta de superávit primário de 1,2% do PIB neste ano.

Em relação aos combustíveis, as alíquotas de PIS/Cofins e da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) serão alteradas em, respectivamente, R$ 0,12 e R$ 0,10 por litro de gasolina. Os aumentos terão que obedecer o regime de noventa, período de 90 dias, para entrarem em vigor.

Desta forma, o aumento do PIS/Cofins será inicialmente de R$ 0,22 por litro de gasolina e de R$ 0,15 por litro de óleo diesel, com previsão de sua redução para os valores de R$ 0,12 por litro e de R$ 0,10 por litro, respectivamente para a gasolina e o diesel, no momento em que o aumento da Cide se tornar efetivo.

Os aumentos incidirão sobre os preços nas refinarias. O ministro ressalvou que o preço final ao consumidor, na bomba, é uma decisão que deverá caberá à Petrobras.

Fonte:
Portal Brasil, com informação da Agência Petrobras


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto

Últimas imagens

Produção de petróleo e gás natural vem registrando bons resultados neste ano
Produção de petróleo e gás natural vem registrando bons resultados neste ano
Divulgação/Petrobras
Entre as mudanças, marco regulatório agora permite que Petrobras escolha se quer participar de consórcios de exploração
Entre as mudanças, marco regulatório agora permite que Petrobras escolha se quer participar de consórcios de exploração
Roberto Rosa/Petrobras
Presidente do BC também ressaltou importância das reformas econômicas
Presidente do BC também ressaltou importância das reformas econômicas
Beto Nociti/BCB
Quem trabalhou por pelo menos um mês no ano passado recebe o abono salarial
Quem trabalhou por pelo menos um mês no ano passado recebe o abono salarial
Arquivo/ Agência Brasil

Governo digital