Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2015 > 07 > InovAtiva Brasil anuncia startups selecionadas

Economia e Emprego

InovAtiva Brasil anuncia startups selecionadas

Startups

Finalistas participarão da maior banca de apresentação de startups do País, quando poderão mostrar seus negócios a investidores e a grandes empresas
por Portal Brasil publicado: 22/07/2015 18h30 última modificação: 23/07/2015 09h51

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) anunciou as 125 startups aprovadas para o ciclo de aceleração 2015 do InovAtiva Brasil, o maior e mais abrangente programa de capacitação, mentoria e conexão de negócios nascentes.

Para a escolha final, foram avaliados quatro critérios: grau de inovação, potencial de mercado, validação da solução e equipe da startup. As 125 selecionadas são de 14 estados (Alagoas, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo), além do Distrito Federal, e apresentaram inovações para setores de tecnologia da informação, agronegócios, automotivo, energia, indústria química, saúde e logística, entre outros.

Nesta segunda etapa, os empreendedores das empresas selecionadas terão acesso a dois novos cursos de capacitação, que serão disponibilizados em agosto e setembro, a sessões de mentoria individuais – quando profissionais experientes ajudam na solução de problemas reais desses negócios –, além da participação em um bootcamp, que é um encontro para treinamento intensivo e networking, no qual os participantes receberão diferentes análises sobre seus negócios, participarão de atividades de capacitação em grupo e terão a oportunidade fazer contato com outras startups e mentores. Esse encontro está previsto para ser realizado no final de setembro.

Para o secretário de Inovação do MDIC, Marcos Vinícius de Souza, o sucesso do InovAtiva é o somatório entre uma criteriosa escolha dos projetos que participam das etapas finais e uma rede de mentores de alto nível. “Convidamos empreendedores de sucesso, altos executivos de médias e grandes empresas, investidores em startups e consultores que auxiliam e orientam os negócios inovadores selecionados no programa. O tempo dessas pessoas é muito valioso”, destaca.

Dentre os mentores que participam do programa, destacam-se nomes como Marcelo Cosentino, diretor-executivo de Fusões e Aquisições e Mercados Internacionais das Totvs, Naldo Dantas, secretário-executivo da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) e Rodrigo Menezes, diretor da Associação Brasileira de Venture Capital e Private Equity (ABVCap) e membro do Conselho do Instituto Anjos do Brasil.

Sobre a seleção das startups, Marcos Vinícius explica que a participação no programa também depende do grau de maturação dos empreendimentos. “Não adianta antecipar certos passos. Para que o InovAtiva traga retorno efetivo para a startup, é importante que ela preencha determinados requisitos. Um projeto em estágio muito inicial não vai aproveitar todas as oportunidades oferecidos pelo programa”, disse. O secretário ressaltou, ainda, que “várias propostas promissoras que recebemos ainda precisavam cumprir alguns passos, principalmente validar mais a sua proposta com clientes ou potenciais clientes, antes de acessar a etapa de mentoria”.

O secretário de Inovação lembra ainda que as empresas não aprovadas podem acessar todo o conteúdo de capacitação, inclusive os novos cursos que serão disponibilizados a partir de agosto no Ciclo de Aceleração, para estruturarem melhor o seu negócio e submeterem novamente o projeto no ano que vem.

Naldo Dantas também destaca a importância dessa seleção criteriosa. “O caminho de subida para uma startup no mercado real é muito agressivo. O InovAtiva, como um programa de aceleração em larga escala, tem de pegar empresas já com alguma tração”, explicou o secretário-executivo da Anpei, uma das principais apoiadoras do InovAtiva.

Próximas atividades

Até o fim de setembro, os empreendedores selecionados deverão produzir e enviar três atividades relacionadas aos novos cursos de capacitação, junto com um vídeo de até três minutos apresentando o projeto. Após essa fase, até 100 startups – do total de 125 selecionadas – seguirão para a fase final do programa, que contará com mais mentoria, dois novos cursos de capacitação e um segundo bootcamp de mentoria e treinamento.

Fonte

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Contratações com jornadas imprevisíveis são formalizadas
A modernização trabalhista trouxe benefícios para diferentes tipos de contratação como o trabalho intermitente, comum no mercado de eventos
A modernização trabalhista trouxe benefícios para diferentes tipos de contratação como o trabalho intermitente, comum no mercado de eventos
Contratações com jornadas imprevisíveis são formalizadas

Governo digital