Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2015 > 08 > Setor de serviços cresceu 2,1% em junho, aponta IBGE

Economia e Emprego

Setor de serviços cresceu 2,1% em junho, aponta IBGE

Atividade econômica

Índice chegou a 2,3% no ano e 3,5% no acumulado de 12 meses; segundo instituto, dos cinco segmentos pesquisados, três apresentaram variação nominal positiva no comparativo entre junho e mesmo mês de 2014
por Portal Brasil publicado: 18/08/2015 00h00 última modificação: 18/08/2015 12h31

O setor de serviços apresentou crescimento nominal das receitas de 2,1% no mês de junho, em comparação ao mesmo mês do ano passado, aponta o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados constam da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) , divulgada nesta terça-feira (18) pelo IBGE. O índice supera os meses de maio (1,1%) e abril (1,7). No ano, o crescimento é de 2,3% e de 3,5% no acumulado de 12 meses.

De acordo com o IBGE, dos cinco segmentos pesquisados, três apresentaram variação nominal positiva no comparativo entre junho deste ano e junho de 2014: serviços profissionais, administrativos e complementares (5,9%), transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (4,4%), e outros serviços, (0,4%).

Os serviços de informação e comunicação apresentaram queda (-1,7%). Já os serviços prestados às famílias não apresentaram variação significativa.

 Fonte: IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Pesquisa do BC aponta que 56% não colocam no papel as contas do mês
Por outro lado, segundo levantamento do Banco Central, 64% dos entrevistados pagam as contas em dia
Por outro lado, segundo levantamento do Banco Central, 64% dos entrevistados pagam as contas em dia
Pesquisa do BC aponta que 56% não colocam no papel as contas do mês

Últimas imagens

Resultado foi obtido com mercadorias apreendidas ao longo de 2017. Parte dos itens, no entanto, foi doado para organizações da sociedade civil ou incorporado a órgãos públicos
Resultado foi obtido com mercadorias apreendidas ao longo de 2017. Parte dos itens, no entanto, foi doado para organizações da sociedade civil ou incorporado a órgãos públicos
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Rais
Pixabay

Governo digital