Economia e Emprego

Pesquisa de mercado

Setor de serviços registra crescimento de 2,1%

Em julho, o segmento que mais cresceu foi o de serviços profissionais, administrativos e complementares
publicado: 18/09/2015 15h30, última modificação: 22/12/2017 15h32

No mês de julho, o setor de serviços do País registrou crescimento nominal de 2,1%, na comparação com igual mês do ano anterior, repetindo a taxa de junho e superando a de maio (1,1%). A variação acumulada no ano atingiu 2,2% e em 12 meses, 3,3%, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta sexta (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O segmento que mais cresceu foi o de serviços profissionais, administrativos e complementares (3,5%), seguido pelos transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (2,8%), serviços prestados às famílias (2,5%) e serviços de informação e comunicação (0,8%). O único segmento com queda na receita nominal foi o de outros serviços (-0,8%).

A Pesquisa Mensal de Serviços produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do setor de serviços no País, investigando a receita bruta de serviços nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, que desempenham como principal atividade um serviço não financeiro, excluídas as áreas de saúde e educação.

Fonte: IBGE, com informações da Agência Brasil

 

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems