Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 01 > Taxa básica de juros do Brasil é mantida em 14,25%

Economia e Emprego

Taxa básica de juros do Brasil é mantida em 14,25%

Banco Central

Pela quarta vez seguida, o Comitê de Política Monetária não alterou o patamar da taxa Selic
por Portal Brasil publicado: 20/01/2016 23h34 última modificação: 22/01/2016 17h48

Pela quarta vez seguida, o Banco Central (BC) não mexeu nos juros básicos da economia. Por seis votos a dois, o Comitê de Política Monetária (Copom) manteve hoje (20) a taxa Selic em 14,25% ao ano.

Votaram pela manutenção da taxa Selic o presidente do BC, Alexandre Tombini, e cinco diretores: Aldo Luiz Mendes (Política Monetária), Altamir Lopes (Administração), Anthero Meirelles (Fiscalização), Luiz Edson Feltrim (Relacionamento Institucional e Cidadania) e Otávio Damaso (Regulação). Os diretores Sidnei Marques (Organização do Sistema Financeiro) e Tony Volpon (Assuntos Internacionais) votaram pela elevação da Selic em 0,5 ponto percentual.

Em comunicado, o Copom informou que a decisão considerou não apenas a inflação, mas o atual balanço de riscos do país, as incertezas domésticas e principalmente externas.

Os juros básicos estão neste nível desde o fim de julho. Com a decisão do Copom, a taxa se mantém no nível de outubro de 2006. A Selic é o principal instrumento do BC para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Confira, abaixo, a íntegra da nota do BC sobre a decisão do Copom:

Copom mantém a taxa Selic em 14,25% ao ano

Avaliando o cenário macroeconômico, as perspectivas para a inflação e o atual balanço de riscos, o Copom decidiu, por unanimidade, manter a taxa Selic em 14,25% a.a., sem viés.

O Comitê entende que a manutenção desse patamar da taxa básica de juros, por período suficientemente prolongado, é necessária para a convergência da inflação para a meta no horizonte relevante da política monetária. O Copom ressalta que a política monetária se manterá vigilante para a consecução desse objetivo.

Votaram por essa decisão os seguintes membros do Comitê: Alexandre Antonio Tombini (Presidente), Aldo Luiz Mendes, Altamir Lopes, Anthero de Moraes Meirelles, Luiz Edson Feltrim, Otávio Ribeiro Damaso, Sidnei Corrêa Marques e Tony Volpon.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil e do Banco Central

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Assunto(s): Economia

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Banco Central reduz taxa de juros para 13% ao ano
A redução do juros foi possibilitada pela desaceleração da inflação em 2016 e queda já reflete no bolso do consumidor
Aposentados e pensionistas da União devem fazer recadastramento anual
Aposentados e pensionistas da União devem comparecer, no mês de seus aniversários, em qualquer banco credenciado em que sejam correntistas, para fazerem o recadastramento anual
Governo amplia volume de recursos do FGTS aplicados em habitação popular
Em 2017, o governo ampliará o volume de recursos do FGTS que são aplicados em habitação popular. Mais de R$ 33 bilhões serão destinados às famílias com renda mensal de até R$ 3.600
A redução do juros foi possibilitada pela desaceleração da inflação em 2016 e queda já reflete no bolso do consumidor
Banco Central reduz taxa de juros para 13% ao ano
Aposentados e pensionistas da União devem comparecer, no mês de seus aniversários, em qualquer banco credenciado em que sejam correntistas, para fazerem o recadastramento anual
Aposentados e pensionistas da União devem fazer recadastramento anual
Em 2017, o governo ampliará o volume de recursos do FGTS que são aplicados em habitação popular. Mais de R$ 33 bilhões serão destinados às famílias com renda mensal de até R$ 3.600
Governo amplia volume de recursos do FGTS aplicados em habitação popular

Últimas imagens

Oportunidades são para cargos de linha de produção, faxineiro, vendedor, servente e telemarketing
Oportunidades são para cargos de linha de produção, faxineiro, vendedor, servente e telemarketing
Arquivo/Agência Brasil
O ministro afirmou que espera que o grau de investimento volte antes de 2018
O ministro afirmou que espera que o grau de investimento volte antes de 2018
Tomaz Silva/Agência Brasil
 O beneficiário que não atender a convocação da perícia ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso
O beneficiário que não atender a convocação da perícia ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso
Arquivo/Agência Brasil
Ministro explicou que o desequilíbrio fiscal é o principal motivo da recessão e que reformas vão ajudar no problema
Ministro explicou que o desequilíbrio fiscal é o principal motivo da recessão e que reformas vão ajudar no problema
Gustavo Raniere/MF

Governo digital