Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 02 > Banco Central começa a receber declaração de bens de brasileiros no exterior

Economia e Emprego

Banco Central começa a receber declaração de bens de brasileiros no exterior

Capitais Brasileiros no Exterior

Estão obrigadas a prestar as informações pessoas físicas e jurídicas que possuíam, no exterior, ativos de valor igual ou superior a US$ 100 mil em 31 de dezembro do ano passado
por Portal Brasil publicado: 12/02/2016 17h28 última modificação: 12/02/2016 18h04
EBC O formulário eletrônico estará disponível na página do BC na internet a partir da semana que vem

O formulário eletrônico estará disponível na página do BC na internet a partir da semana que vem

O Banco Central (BC) começar a receber a partir da próxima segunda-feira (15) a declaração anual da pesquisa de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE) relativa a 2015. Estão obrigadas a prestar as informações pessoas físicas e jurídicas residentes no País que possuíam, no exterior, ativos de valor igual ou superior a US$ 100 mil em 31 de dezembro do ano passado.

A declaração deve ser entregue até as 18 horas de 5 de abril de 2016. O preenchimento é realizado via internet. O formulário eletrônico estará disponível na página do BC na internet a partir da semana que vem.

De acordo com a autarquia, o objetivo primordial da declaração é estatístico, pois contribui para que se conheça, de forma ampla e detalhada, os ativos externos dos residentes no Brasil, auxiliando análises e pesquisas macroeconômicas.

Fonte: Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

BC está monitorando mercado internacional
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Meirelles: Três Poderes terão limite de gastos
De acordo com o ministro da Fazenda, Reforma Fiscal terá vigência de 20 anos, e pode mudar de critérios a partir do décimo ano
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
BC está monitorando mercado internacional
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação
De acordo com o ministro da Fazenda, Reforma Fiscal terá vigência de 20 anos, e pode mudar de critérios a partir do décimo ano
Meirelles: Três Poderes terão limite de gastos

Governo digital