Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 02 > Cidade gaúcha de Piratini recebe nova agência da Previdência

Economia e Emprego

Cidade gaúcha de Piratini recebe nova agência da Previdência

Atendimento

Antes da instalação da agência na região, a população era atendida nos municípios de Pelotas, distante 98 km, ou em Canguçu, a 59 km
publicado: 22/02/2016 19h04 última modificação: 24/02/2016 15h55

A Previdência Social abriu uma nova agência na cidade gaúcha de Piratini. A unidade foi inaugurada pelo ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, nesta segunda-feira (22) e vai beneficiar mais de 20 mil habitantes da cidade, além dos moradores de Pedro Osório e Pinheiro Machado, que poderão ser atendidos em Piratini.

A nova agência da Previdência Social está localizada na Rua Conceição Perez de Ávila, nº 78, no centro. O atendimento ao público será das 9 horas às 15 horas, a partir do dia 23 de fevereiro. Antes da instalação da agência na região, a população era atendida nos municípios de Pelotas, distante 98 quilômetros, ou em Canguçu, a 59 quilômetros.

"Ao inaugurar esta agência hoje, comemoramos um passo a mais na construção de um serviço público de qualidade, respeitando aqueles que, com o seu trabalho, construíram Piratini e esta região, e que agora não terão mais que se deslocar para outras cidades para receberem seus benefícios e direitos", disse Rossetto.

A agência de Piratini recebeu investimento de R$ 757 mil e foi de construída de acordo com as normas de sinalização e acessibilidade. O local possui quatro guichês de atendimento, e ficará responsável pelo pagamento mensal de cinco mil benefícios já existentes, transferindo mais de R$ 4,6 milhões para a economia da região. Deste total, R$ 2 milhões são para pagamento de dois mil benefícios urbanos e R$ 2,6 milhões para três mil benefícios rurais.

Fonte: MTPS

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Objetivo do governo é inflação de 4,5% em 2017
Para presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, as medidas econômica propostas pelo governo serão capazes melhorar a confiança do País
BC está monitorando mercado internacional
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Para presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, as medidas econômica propostas pelo governo serão capazes melhorar a confiança do País
Objetivo do governo é inflação de 4,5% em 2017
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
BC está monitorando mercado internacional
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação

Últimas imagens

Navio durante carregamento no Porto de Paranaguá (PR). Soja foi o item com melhor desempenho na 4ª semana
Navio durante carregamento no Porto de Paranaguá (PR). Soja foi o item com melhor desempenho na 4ª semana
APPA
Indicadores antecedentes mostram volta da confiança e da produção
Indicadores antecedentes mostram volta da confiança e da produção
Valter Campanato/Agência Brasil
Governo trabalha para amenizar pressão sobre o custo de vida do brasileiro
Governo trabalha para amenizar pressão sobre o custo de vida do brasileiro
Marcos Santos/USP Imagens
Parcelas serão recebidas junto ao pagamento dos benefícios mensais
Parcelas serão recebidas junto ao pagamento dos benefícios mensais
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Quem nasceu nos meses de julho a dezembro receberá o benefício ainda no ano de 2016
Quem nasceu nos meses de julho a dezembro receberá o benefício ainda no ano de 2016
Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Governo digital