Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 02 > Governo facilita acesso à carteira de trabalho no interior do MA

Economia e Emprego

Governo facilita acesso à carteira de trabalho no interior do MA

Convênio

A carteira de trabalho é um passaporte para que o cidadão tenha protegidos direitos trabalhistas e previdenciários
por Portal Brasil publicado: 26/02/2016 11h07 última modificação: 26/02/2016 15h47

O município de São João do Carú, distante 359 Km da capital São Luis, será beneficiado por um convênio firmado pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Estado do Maranhão (SRTE/MA). O objetivo é ampliar a oferta de acesso a carteiras de trabalho.

Assinado com a prefeitura, o convênio faz parte da estratégia da Superintendência de facilitar o acesso ao documento e ampliar o número de pessoas com carteira assinada no interior maranhense.

A SRTE/MA tem feito contato com as prefeituras do interior que não possuem agência do Ministério do Trabalho desde o início deste ano para realizar parcerias semelhantes. Nos próximos meses, outros convênios devem ser fechados.

A Carteira de trabalho e Previdência Social (CTPS) é o documento obrigatório para toda pessoa que venha a prestar algum tipo de serviço, seja na indústria, no comércio, na agricultura, na pecuária ou mesmo de natureza doméstica, destaca o Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Na verdade, a carteira de trabalho é um passaporte para que o cidadão tenha protegidos direitos trabalhistas e previdenciários, como salário regular, férias, décimo-terceiro salário, repouso remunerado e aposentadoria.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MTPS

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

BC está monitorando mercado internacional
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Meirelles: Três Poderes terão limite de gastos
De acordo com o ministro da Fazenda, Reforma Fiscal terá vigência de 20 anos, e pode mudar de critérios a partir do décimo ano
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
BC está monitorando mercado internacional
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação
De acordo com o ministro da Fazenda, Reforma Fiscal terá vigência de 20 anos, e pode mudar de critérios a partir do décimo ano
Meirelles: Três Poderes terão limite de gastos

Governo digital