Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 02 > Não faltarão recursos no enfrentamento do zika, diz Edinho

Saúde

Não faltarão recursos no enfrentamento do zika, diz Edinho

Combate

Ministro destacou que governo federal tem realizado investimentos para controle e prevenção da doença
por Portal Brasil publicado: 19/02/2016 12h39 última modificação: 19/02/2016 12h39
Foto: José Cruz/Agência Brasil "Todos os dias devemos destruir os criadouros do Aedes aegypti. É uma medida concreta de proteção às nossas crianças", disse o ministro

"Todos os dias devemos destruir os criadouros do Aedes aegypti. É uma medida concreta de proteção às nossas crianças", disse o ministro

O governo federal vai fazer de tudo para controlar a atual epidemia de zika, garantiu o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Edinho Silva. Segundo ele, não haverá nenhum tipo de contingenciamento de recursos nas ações de enfrentamento ao vírus zika.

"O governo federal, só na área de prevenção, deve gastar por volta de R$ 2 bilhões. Também estamos participando dos investimentos para a descoberta da vacina, algo em torno de US$ 1.9 milhões. Portanto, não há contingenciamento de recursos para isso", destacou, durante ações da Mobilização Nacional da Educação Zika Zero, em São José dos Campos (SP), nesta sexta-feira (19).

A ação busca a conscientização de alunos e professores, seguindo a mesma linha de atuação que mobilizou todo o país no último fim de semana. "São 60 milhões de brasileiros e brasileiras, entre estudantes e profissionais da área de educação, chamando a atenção dos alunos, para que eles possam reproduzir as informações. Neste momento, nós só temos uma forma de combater o virus zika: destruindo os criadouros do mosquito", analisou Edinho.

O ministro destacou ainda que a mobilização para o enfrentamento do vírus é constante, e que chamar a atenção da sociedade é um ponto fundamental para que o Brasil consiga vencer essa guerra. 

"O enfrentamento ao mosquito Aedes, que é o principal vetor do virus, é continuado. Todos os dias devemos destruir os criadouros do Aedes aegypti. É uma medida concreta de proteção às nossas crianças", finalizou o ministro.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Cananeia dobra a capacidade de porcos em quarentena
O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, inaugurou a nova unidade de suínos da Estação Quarentenária da Ilha de Cananeia (SP)
Receita arrecada R$ 46 bi com repatriação
Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira (7), o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, informou valores arrecadados com a repatriação de bens
Taxistas podem financiar carros com juros menores até 2021
Mais R$ 100 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador do Taxista vão financiar a compra de veículos novos
O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, inaugurou a nova unidade de suínos da Estação Quarentenária da Ilha de Cananeia (SP)
Cananeia dobra a capacidade de porcos em quarentena
Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira (7), o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, informou valores arrecadados com a repatriação de bens
Receita arrecada R$ 46 bi com repatriação
Mais R$ 100 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador do Taxista vão financiar a compra de veículos novos
Taxistas podem financiar carros com juros menores até 2021

Últimas imagens

Liberação é para carne bovina in natura e processada
Liberação é para carne bovina in natura e processada
FMVZ/ USP
Secretário da Previdência, Marcelo Caetano. Em 2016, já foram realizadas 45 operações para garantir o bom uso do dinheiro público
Secretário da Previdência, Marcelo Caetano. Em 2016, já foram realizadas 45 operações para garantir o bom uso do dinheiro público
Marcos Corrêa/PR
Outro destaque do estudo foi o nível de ocupação dos idosos, que caiu de 30,2% para 26,3%
Outro destaque do estudo foi o nível de ocupação dos idosos, que caiu de 30,2% para 26,3%
Arquivo/Agência Brasil
Suspensão do país do bloco é por tempo indeterminado
Suspensão do país do bloco é por tempo indeterminado
Agência Brasil

Governo digital