Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 03 > Conab vende 130,8 mil toneladas de milho em MT e MS

Infraestrutura

Conab vende 130,8 mil toneladas de milho em MT e MS

Grãos

A medida atende à solicitação dos criadores de aves, suínos e bovinos, preocupados com movimentos especulatórios no preço do milho
por Portal Brasil publicado: 09/03/2016 18h00 última modificação: 10/03/2016 16h05
Portal Brasil No dia 1º de fevereiro, foram adquiridos pelo mercado 125,9 mil t das 148 mil colocadas à venda pela Conab

No dia 1º de fevereiro, foram adquiridos pelo mercado 125,9 mil t das 148 mil colocadas à venda pela Conab

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vendeu 130,8 mil toneladas em dois leilões de milho em grãos realizados nesta quarta-feira (9). O produto pertence aos estoques públicos armazenados em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O total arrecadado foi de R$ 48,04 milhões.

As operações de venda de milho, por meio de leilão eletrônico, vêm ocorrendo desde fevereiro deste ano, a partir da decisão do Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep) em autorizar a Conab a venda até 500 mil toneladas de milho dos estoques públicos do produto. A medida atende solicitação dos criadores de aves, suínos e bovinos, preocupados com movimentos especulatórios no preço do milho no mercado.

Até o momento, incluindo-se os leilões de hoje, já foram comercializadas 478,09 mil toneladas de milho do total previsto. A quantidade remanescente será ofertada em novas operações.

No dia 1º de fevereiro, foram adquiridos pelo mercado 125,9 mil toneladas das 148 mil colocadas à venda pela Conab. No dia 16, ocorreu a segunda oferta, na qual a quantidade comercializada foi de 76,4 mil toneladas, de um total de 150 mil toneladas.

Em 23 de fevereiro, foram vendidas 38,19 mil toneladas de milho, de 149,5 mil toneladas. Já no início de março, mais dois leilões de milho em grãos ofertaram 150 mil toneladas e foram vendidas 106,8 mil toneladas do produto.

Clique aqui para ver o resultado detalhado das operações desta quarta-feira (9).

Fonte: Portal Brasil, com informações da Conab

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Banco Central reduz taxa de juros para 13% ao ano
A redução do juros foi possibilitada pela desaceleração da inflação em 2016 e queda já reflete no bolso do consumidor
Aposentados e pensionistas da União devem fazer recadastramento anual
Aposentados e pensionistas da União devem comparecer, no mês de seus aniversários, em qualquer banco credenciado em que sejam correntistas, para fazerem o recadastramento anual
Governo amplia volume de recursos do FGTS aplicados em habitação popular
Em 2017, o governo ampliará o volume de recursos do FGTS que são aplicados em habitação popular. Mais de R$ 33 bilhões serão destinados às famílias com renda mensal de até R$ 3.600
A redução do juros foi possibilitada pela desaceleração da inflação em 2016 e queda já reflete no bolso do consumidor
Banco Central reduz taxa de juros para 13% ao ano
Aposentados e pensionistas da União devem comparecer, no mês de seus aniversários, em qualquer banco credenciado em que sejam correntistas, para fazerem o recadastramento anual
Aposentados e pensionistas da União devem fazer recadastramento anual
Em 2017, o governo ampliará o volume de recursos do FGTS que são aplicados em habitação popular. Mais de R$ 33 bilhões serão destinados às famílias com renda mensal de até R$ 3.600
Governo amplia volume de recursos do FGTS aplicados em habitação popular

Últimas imagens

Oportunidades são para cargos de linha de produção, faxineiro, vendedor, servente e telemarketing
Oportunidades são para cargos de linha de produção, faxineiro, vendedor, servente e telemarketing
Arquivo/Agência Brasil
O ministro afirmou que espera que o grau de investimento volte antes de 2018
O ministro afirmou que espera que o grau de investimento volte antes de 2018
Tomaz Silva/Agência Brasil
 O beneficiário que não atender a convocação da perícia ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso
O beneficiário que não atender a convocação da perícia ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso
Arquivo/Agência Brasil
Ministro explicou que o desequilíbrio fiscal é o principal motivo da recessão e que reformas vão ajudar no problema
Ministro explicou que o desequilíbrio fiscal é o principal motivo da recessão e que reformas vão ajudar no problema
Gustavo Raniere/MF

Governo digital