Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 03 > Petrobras antecipa produção em campo do pré-sal na Bacia de Santos

Economia e Emprego

Petrobras antecipa produção em campo do pré-sal na Bacia de Santos

Campo de Sépia

Operação no campo de Sépia foi realizada com navio-plataforma Cidade de São Vicente; produção será de cerca de 20 mil barris de óleo por dia
publicado: 02/03/2016 16h13 última modificação: 03/03/2016 16h02
Divulgação/Agência Petrobras Localizado a 185 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, o campo de Sépia teve sua declaração de comercialidade anunciada em 2014

Localizado a 185 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, o campo de Sépia teve sua declaração de comercialidade anunciada em 2014

A Petrobras anunciou, nesta quarta-feira (2), o início das atividades no Sistema de Produção Antecipada do campo de Sépia, antiga área de Nordeste de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos. A operação foi realizada com o navio-plataforma FPSO Cidade de São Vicente (unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás natural), cuja produção será de cerca de 20 mil barris de óleo por dia (boed) durante o período do teste.

Instalada em águas onde a profundidade é de aproximadamente 2.200 metros, a plataforma foi conectada ao poço 1-RJS-691 e permanecerá no local por um período de 180 dias.

Trata-se do quarto Sistema de Produção Antecipada realizado na área de Cessão Onerosa da Bacia de Santos. O óleo produzido é de boa qualidade (26º API) e será escoado por meio de navios aliviadores.

O Sistema de Produção Antecipada de Sépia tem como objetivo coletar informações técnicas sobre o comportamento dos reservatórios e escoamento do petróleo nas linhas submarinas, entre outros dados. Essas informações darão suporte ao desenvolvimento do sistema definitivo de produção, previsto para entrar em operação na área em 2020.

Localizado a cerca de 185 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, o campo de Sépia teve sua declaração de comercialidade anunciada pela Petrobras em setembro de 2014.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Petrobras

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Objetivo do governo é inflação de 4,5% em 2017
Para presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, as medidas econômica propostas pelo governo serão capazes melhorar a confiança do País
BC está monitorando mercado internacional
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Para presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, as medidas econômica propostas pelo governo serão capazes melhorar a confiança do País
Objetivo do governo é inflação de 4,5% em 2017
Instituição também divulgou, nesta sexta-feira (24), dados sobre investimentos estrangeiros e transações correntes, de maio
BC está monitorando mercado internacional
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que o governo prosseguirá tendo limite mínimo de recursos para essas áreas
Meirelles: restrição não afetará Saúde e Educação

Últimas imagens

Quem nasceu nos meses de julho a dezembro receberá o benefício ainda no ano de 2016
Quem nasceu nos meses de julho a dezembro receberá o benefício ainda no ano de 2016
Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Governo digital