Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 03 > Petrobras antecipa produção em campo do pré-sal na Bacia de Santos

Economia e Emprego

Petrobras antecipa produção em campo do pré-sal na Bacia de Santos

Campo de Sépia

Operação no campo de Sépia foi realizada com navio-plataforma Cidade de São Vicente; produção será de cerca de 20 mil barris de óleo por dia
publicado: 02/03/2016 16h13 última modificação: 03/03/2016 16h02
Divulgação/Agência Petrobras Localizado a 185 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, o campo de Sépia teve sua declaração de comercialidade anunciada em 2014

Localizado a 185 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, o campo de Sépia teve sua declaração de comercialidade anunciada em 2014

A Petrobras anunciou, nesta quarta-feira (2), o início das atividades no Sistema de Produção Antecipada do campo de Sépia, antiga área de Nordeste de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos. A operação foi realizada com o navio-plataforma FPSO Cidade de São Vicente (unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo e gás natural), cuja produção será de cerca de 20 mil barris de óleo por dia (boed) durante o período do teste.

Instalada em águas onde a profundidade é de aproximadamente 2.200 metros, a plataforma foi conectada ao poço 1-RJS-691 e permanecerá no local por um período de 180 dias.

Trata-se do quarto Sistema de Produção Antecipada realizado na área de Cessão Onerosa da Bacia de Santos. O óleo produzido é de boa qualidade (26º API) e será escoado por meio de navios aliviadores.

O Sistema de Produção Antecipada de Sépia tem como objetivo coletar informações técnicas sobre o comportamento dos reservatórios e escoamento do petróleo nas linhas submarinas, entre outros dados. Essas informações darão suporte ao desenvolvimento do sistema definitivo de produção, previsto para entrar em operação na área em 2020.

Localizado a cerca de 185 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, o campo de Sépia teve sua declaração de comercialidade anunciada pela Petrobras em setembro de 2014.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Petrobras

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Fundos Regionais receberão R$ 28 bilhões em 2017
O Ministério da Integração Nacional irá apoiar o setor privado com a maior oferta da história para os Fundos Regionais para o desenvolvimento, R$ 117 bilhões ao longo dos próximos 4 anos
Tutorial: Como consultar o Abono Salarial (ano-base 2014)
O prazo para sacar o benefício (ano-base 2014) vai até 31 de agosto
Linha de crédito beneficia agricultores familiares
Agricultores familiares podem contar com linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) para modernizar e subsidiar custeio da produção.
O Ministério da Integração Nacional irá apoiar o setor privado com a maior oferta da história para os Fundos Regionais para o desenvolvimento, R$ 117 bilhões ao longo dos próximos 4 anos
Fundos Regionais receberão R$ 28 bilhões em 2017
O prazo para sacar o benefício (ano-base 2014) vai até 31 de agosto
Tutorial: Como consultar o Abono Salarial (ano-base 2014)
Agricultores familiares podem contar com linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) para modernizar e subsidiar custeio da produção.
Linha de crédito beneficia agricultores familiares

Últimas imagens

Convenção foi desenvolvida conjuntamente pela OCDE e pelo Conselho da Europa em 1988
Convenção foi desenvolvida conjuntamente pela OCDE e pelo Conselho da Europa em 1988
Foto: Arquivo/EBC
Na ocasião, também será realizada a 14ª Assembleia-Geral da OIV
Na ocasião, também será realizada a 14ª Assembleia-Geral da OIV
Foto: Divulgação/Ministério da Agricultura
Em 12 meses, o IGP-M registrou alta de 11,49%
Em 12 meses, o IGP-M registrou alta de 11,49%
Marcos Santos/ USP Imagens
O benefício é equivalente a um salário mínimo (R$ 880)
O benefício é equivalente a um salário mínimo (R$ 880)
Marcos Santos/USP Imagens
Entre janeiro e junho deste ano, as vendas de gado para a Turquia somaram mais de R$ 50 milhões
Entre janeiro e junho deste ano, as vendas de gado para a Turquia somaram mais de R$ 50 milhões
Sílvio Ávila/Mapa

Governo digital