Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 03 > Produção de grãos deve chegar a 210,3 milhões de toneladas

Economia e Emprego

Produção de grãos deve chegar a 210,3 milhões de toneladas

Conab

Destaque do crescimento da safra é a produção de soja, que deverá atingir 101,2 milhões de toneladas, 5 milhões a mais do que na safra anterior
publicado: 10/03/2016 13h30 última modificação: 11/03/2016 11h35
Divulgação/EBC Plantio em todo o país cresceu 1% em relação à safra 2014/2015 e deve alcançar 58,5 milhões de hectares

Plantio em todo o país cresceu 1% em relação à safra 2014/2015 e deve alcançar 58,5 milhões de hectares

A produção nacional de grãos da safra 2015/2016 deve chegar a 210,3 milhões de toneladas, segundo o 6º levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta quinta-feira (10). O equivalente a 1,3% ou a 2,6 milhões de toneladas a mais que a safra 2014/2015, que foi de 207,7 milhões.

O destaque é a produção de soja, que deverá atingir 101,2 milhões de toneladas, 5 milhões a mais do que na safra anterior, graças aos ganhos de área de 3,6% e de produtividade de 1,5%.

O milho, estimado em 83,5 milhões de toneladas, sofreu uma redução de 1,4% ou 1,2 milhão de toneladas na comparação com a safra 2014/2015. O crescimento de área plantada do milho segunda safra não foi suficiente para recuperar a redução de 6,1% da produção da primeira, que chegou a 28,2 milhões de toneladas.

A recuperação da produtividade do feijão primeira safra refletiu em um aumento de 114 mil toneladas, chegando ao total de 1,2 milhão de toneladas, apesar da queda na área plantada.

Já o algodão em caroço tem previsão de queda de 4,3% na produção, chegando a 2,25 milhões de toneladas, devido à redução de área, sobretudo no Nordeste. Esse volume corresponde a 1,5 milhão de toneladas de pluma.

Hectares

O plantio em todo o País cresceu 1% em relação à safra 2014/2015 e deve alcançar 58,5 milhões de hectares. O aumento é de 570,7 mil hectares frente à safra passada, que chegou a 57,9 milhões.

A soja ocupa mais de 56% da área cultivada. A estimativa é crescer 3,6%, alcançando 1,2 milhão de hectares a mais do que a safra 2014/15. No caso do algodão, a redução de 2,5% (24 mil hectares) reflete a opção pelo plantio de soja na Bahia, segundo maior produtor do País.

Quanto ao milho primeira safra, houve uma redução de 6,4% na área (395,4 mil hectares), a ser coberta com o plantio de soja, enquanto que para o de segunda safra a expectativa é de pequeno aumento de 1,8% (169,1 mil hectares). Já o feijão primeira safra teve uma redução de área de 3,7%, devendo chegar a 1 milhão de hectares.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Agricultura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Portal Mais Emprego reúne 20 mil vagas imediatas
Página divulga vagas da iniciativa privada. Só no ano passado, mais de 400 mil trabalhadores foram beneficiados
Agricultores terão R$ 12 bilhões para começar plantio da próxima safra
Presidente Michel Temer anunciou esses recursos nesta quinta-feira (19), em um evento em Ribeirão Preto (SP)
Saque integral a contas de FGTS inativas até 2015 está garantido
Medida vale para contas inativas até 31/12/2015. Para consultar o saldo, acesse a conta pela internet e tenha em mãos o número do PIS/Pasep
Página divulga vagas da iniciativa privada. Só no ano passado, mais de 400 mil trabalhadores foram beneficiados
Portal Mais Emprego reúne 20 mil vagas imediatas
Presidente Michel Temer anunciou esses recursos nesta quinta-feira (19), em um evento em Ribeirão Preto (SP)
Agricultores terão R$ 12 bilhões para começar plantio da próxima safra
Medida vale para contas inativas até 31/12/2015. Para consultar o saldo, acesse a conta pela internet e tenha em mãos o número do PIS/Pasep
Saque integral a contas de FGTS inativas até 2015 está garantido

Últimas imagens

Projeto estimula empreendedorismo inovador
Projeto estimula empreendedorismo inovador
Arquivo/Agência Brasil
Todos os órgãos públicos devem elaborar um Plano de Dados Abertos (PDA). Mais de 30 órgãos que já elaboraram o PDA
Todos os órgãos públicos devem elaborar um Plano de Dados Abertos (PDA). Mais de 30 órgãos que já elaboraram o PDA
Tomaz Silva/Agência Brasil
Medida visa regular preços no mercado
Medida visa regular preços no mercado
Arquivo/EBC
A isenção de Imposto de Renda e a liquidez imediata são algumas das vantagens da poupança
A isenção de Imposto de Renda e a liquidez imediata são algumas das vantagens da poupança
Marcos Santos/USP Imagens
Os maiores ganhos para o Brasil com a conclusão do acordo concentram-se nos bens básicos
Os maiores ganhos para o Brasil com a conclusão do acordo concentram-se nos bens básicos
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital