Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 06 > Governo autoriza renegociação de dívidas de produtores rurais

Economia e Emprego

Governo autoriza renegociação de dívidas de produtores rurais

Agricultura no semiárido

Ação permite renegociar dívidas contraídas até 31/12/2011
por Portal Brasil publicado: 15/06/2016 00h00 última modificação: 16/06/2016 09h22
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a renegociação deve atenuar o impacto das adversidades climáticas na região do semiárido

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a renegociação deve atenuar o impacto das adversidades climáticas na região do semiárido

O governo federal autorizou a renegociação das dívidas de crédito rural de produtores da região da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O órgão federal atua nos Estados do Nordeste, no norte do Espírito Santo e no norte do Minas Gerais. A ação tem como base medida provisória  publicada na edição desta quarta-feira (15) do Diário Oficial da União. 

A renegociação foi autorizada para dívidas contraídas até 31 de dezembro de 2011 e podem ser quitadas até 29 de dezembro de 2017. Os percentuais de desconto para a liquidação das dívidas variam de acordo com a fonte dos recursos, o valor tomado, a data da contratação e o município do produtor. 

De acordo com a Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a renegociação foi aprovada como forma de atenuar o impacto das adversidades climáticas na região do Semiárido, dando aos produtores condições de honrar suas dívidas rurais junto aos bancos e de permanecer em suas atividades agrícolas.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Agricultura.

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Estabilização da economia_230_136

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços

Últimas imagens

Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e o relator da modernização na CCJ, o senador Romero Jucá (PMDB-RR)
Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e o relator da modernização na CCJ, o senador Romero Jucá (PMDB-RR)
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Adesão ao novo Refis vai até 31 de agosto de 2017
Adesão ao novo Refis vai até 31 de agosto de 2017
Marcos Santos/USP Imagens
Linha de montagem de motocicletas em Manaus (AM). Indústria contribuiu com 0,8% para o PIB de abril
Linha de montagem de motocicletas em Manaus (AM). Indústria contribuiu com 0,8% para o PIB de abril
José Paulo Lacerda/CNI
Senador explicou que reforma é importante para gerar empregos e apoiar  crescimento do País
Senador explicou que reforma é importante para gerar empregos e apoiar crescimento do País
Geraldo Magela/Agência Senado
Agropecuária gerou 46 mil novos postos de trabalho e foi destaque entre os principais setores da economia
Agropecuária gerou 46 mil novos postos de trabalho e foi destaque entre os principais setores da economia
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Governo digital