Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 06 > Governo autoriza renegociação de dívidas de produtores rurais

Economia e Emprego

Governo autoriza renegociação de dívidas de produtores rurais

Agricultura no semiárido

Ação permite renegociar dívidas contraídas até 31/12/2011
por Portal Brasil publicado: 15/06/2016 00h00 última modificação: 16/06/2016 09h22
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a renegociação deve atenuar o impacto das adversidades climáticas na região do semiárido

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a renegociação deve atenuar o impacto das adversidades climáticas na região do semiárido

O governo federal autorizou a renegociação das dívidas de crédito rural de produtores da região da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O órgão federal atua nos Estados do Nordeste, no norte do Espírito Santo e no norte do Minas Gerais. A ação tem como base medida provisória  publicada na edição desta quarta-feira (15) do Diário Oficial da União. 

A renegociação foi autorizada para dívidas contraídas até 31 de dezembro de 2011 e podem ser quitadas até 29 de dezembro de 2017. Os percentuais de desconto para a liquidação das dívidas variam de acordo com a fonte dos recursos, o valor tomado, a data da contratação e o município do produtor. 

De acordo com a Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a renegociação foi aprovada como forma de atenuar o impacto das adversidades climáticas na região do Semiárido, dando aos produtores condições de honrar suas dívidas rurais junto aos bancos e de permanecer em suas atividades agrícolas.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Agricultura.

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Estabilização da economia_230_136

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis

Últimas imagens

Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Valter Campanato/Agência Brasil
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Marcos Santos/USP Imagens
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Gleice Mere/MP
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Arquivo EBC

Governo digital