Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 06 > Governo tem trabalhado em novos acordos, diz ministro

Economia e Emprego

Governo tem trabalhado em novos acordos, diz ministro

Comércio internacional

Ministro Marcos Pereira afirmou que o País quer ampliar as relações externas de forma qualificada, atuando em conjunto com o setor privado
por Portal Brasil publicado: 17/06/2016 18h18 última modificação: 17/06/2016 19h10

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, afirmou que o governo em exercício tem trabalhado para expandir a participação do País no comércio internacional. “Não estamos falando de uma inserção a qualquer custo. Estamos falando de uma inserção qualificada, a partir de uma avaliação dos interesses brasileiros concretos, desenhada em conjunto com o setor privado, e não em resposta a pressões”, afirmou.

Marcos Pereira participou, nesta sexta-feira (17), do Fórum Econômico Mundial para a América Latina, em Medellin, na Colômbia. Além de encontros bilaterais, o ministro tem ido a eventos ligados ao Fórum. 

Para uma plateia de empresários, o ministro disse que, apesar do Brasil estar passando por um momento delicado, já há sinais de recuperação. Afirmou ainda que a nova equipe econômica tem compromisso em trazer a inflação de volta para o centro da meta de 4,5% ao ano.

Pereira ainda lembrou que a retração do PIB no primeiro trimestre do ano, de 0,3%, foi um número melhor que os projetados pelo mercado, que previa uma queda de 0,8%. Ele ainda argumentou que uma das maiores economias do mundo, como o Brasil, não pode ocupar a 25ª posição no ranking de exportações.

Com o objetivo de fazer o País avançar nessa tabela, ele afirmou que o governo tem trabalhado em novos acordos. “Temos adotado uma estratégia mais agressiva, com assinatura de mais acordos e com maior abrangência temática”, afirmou.

Essa inserção, segundo ele, tem sido feito a partir de uma avaliação dos interesses brasileiros e desenhada em conjunto com o setor privado.

Marcos Pereira ainda lembrou que nessa linha houve assinatura de acordos com os Estados Unidos nas áreas de convergência regulatória, facilitação de comércio e propriedade intelectual. Também foi feita, depois de 14 anos, a troca de ofertas entre Mercosul e União Europeia.

Nesta sexta, ele também se reuniu com a ministra de Comércio, Indústria e Turismo da Colômbia, María Claudia Lacouture, com quem discutiu a importância de que ambos internalizem o Acordo Automotivo, assinado em maio de 2015.

Fonte: Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Estabilização da economia_230_136

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Análise de carnes recolhidas não indica riscos à saúde humana
Ministério da Agricultura já recolheu 174 amostras de carnes nos 21 frigoríficos que estão sob investigação da Operação Carne Fraca. Nas análises feitas foram descartados riscos à saúde
Ministério da Agricultura já recolheu 174 amostras de carnes nos 21 frigoríficos que estão sob investigação da Operação Carne Fraca. Nas análises feitas foram descartados riscos à saúde
Análise de carnes recolhidas não indica riscos à saúde humana

Últimas imagens

Tulio Maciel, chefe do Departamento Econômico do Banco Central vê uma perspectiva melhor para o crédito em 2017
Tulio Maciel, chefe do Departamento Econômico do Banco Central vê uma perspectiva melhor para o crédito em 2017
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Pesquisa também mostrou que empresas pretendem aumentar a produção nos próximos meses
Pesquisa também mostrou que empresas pretendem aumentar a produção nos próximos meses
Arquivo/Agência Brasil
Segundo Nogueira, reforma deve pacificar  relações trabalhistas
Segundo Nogueira, reforma deve pacificar relações trabalhistas
Arquivo/Agência Brasil
Ministério da Agricultura intensificou a fiscalização, mas não encontrou riscos à saúde dos consumidores
Ministério da Agricultura intensificou a fiscalização, mas não encontrou riscos à saúde dos consumidores
José Cruz/Agência Brasil

Governo digital