Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 08 > Investimentos avançam após dez trimestres em queda

Economia e Emprego

Investimentos avançam após dez trimestres em queda

PIB

Na comparação entre o primeiro e o segundo trimestre do ano houve um avanço de 0,4%. O número é parte do resultado do Produto Interno Bruto
publicado: 31/08/2016 12h53 última modificação: 31/08/2016 13h15
Foto: Arquivo/Agência Brasil Produção de bens de capital também tem influência sobre o resultado positivo dos investimentos

Produção de bens de capital também tem influência sobre o resultado positivo dos investimentos

Depois de dez trimestre em queda, os investimentos voltaram a crescer no Brasil. Na comparação entre o primeiro e o segundo trimestre do ano houve um avanço de 0,4%. O número é parte do resultado do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado nesta quarta-feira (31).

No resultado do PIB, os investimentos são chamados de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) – um indicador que é condição essencial para o Brasil voltar a crescer e a gerar emprego e renda.

Quando ele aumenta, significa que há mais confiança na economia, já que empresários só tiram projetos da gaveta quando realmente acreditam que o futuro será melhor que o presente.

A produção de bens de capital também tem influência sobre o resultado positivo dos investimentos. Apenas entre maio e junho houve um aumento de 1,1%. A fabricação desses itens aumenta quando há novos projetos saindo da gaveta.

Esses produtos são usados para fabricar outros, então eles significam aumento de produção no futuro.

Investimento e poupança

Com esse resultado da taxa de investimento no período, ela alcançou o equivalente a 16,8% do PIB. O governo, no entanto, quer elevar esse percentual e tem trabalhado para fazer os investimentos deslancharem. Não à toa, criou a Secretaria Executiva do Programa de Parcerias Público Privadas (PPI), que tem desenvolvido projetos para o Brasil.

Outro indicador que apresentou melhora importante foi a taxa de poupança bruta, que passou de 15,1% do PIB para 15,8%. Esse número é a soma da poupança das empresas, das famílias e do governo. A poupança é importante porque sem ela não existe investimento, para os projetos saírem do papel para gerar emprego e renda.

Confira comportamento do PIB por trimestre

Fonte: Portal Brasil, com informações do IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Tesouro Direito lança campanha para democratizar o acesso a títulos públicos
Tesouro Direto lança a campanha "Transformação pelo Conhecimento", com objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos e a educação financeira
Tesouro Direto lança a campanha "Transformação pelo Conhecimento", com objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos e a educação financeira
Tesouro Direito lança campanha para democratizar o acesso a títulos públicos

Últimas imagens

Ministério do Trabalho fiscaliza proteção aos trabalhadores
Ministério do Trabalho fiscaliza proteção aos trabalhadores
Arquivo/Agência Petrobras
Medida promete reduzir custos de produção das empresas
Medida promete reduzir custos de produção das empresas
Arquivo EBC
Valor investido em setembro bateu recorde do programa
Valor investido em setembro bateu recorde do programa
Marcos Santos/USP Imagens
Medida foi anunciada nesta sexta-feira (22) pelo ministro Dyogo Oliveira
Medida foi anunciada nesta sexta-feira (22) pelo ministro Dyogo Oliveira
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Expectativa para os próximos meses também aumentou em setembro
Expectativa para os próximos meses também aumentou em setembro
Valter Campanato/Agência Brasil

Governo digital