Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 08 > Produção industrial cresce em nove Estados

Economia e Emprego

Produção industrial cresce em nove Estados

Recuperação da economia

Fábricas aumentaram o ritmo em junho e produção no Brasil cresceu 1,1% puxado pelo desempenho de nove Estados
por Portal Brasil publicado: 10/08/2016 16h50 última modificação: 10/08/2016 17h05

A produção industrial brasileira começa a dar os primeiros sinais de recuperação. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre maio e junho houve crescimento de 1,1% -- retomada puxada por nove unidades da Federação.

Os avanços mais intensos ocorreram no Rio de Janeiro (5,7%), Santa Catarina (5,4%), Pará (4,9%), Rio Grande do Sul (4,6%) e Paraná (3,5%). Ceará (2,0%), São Paulo (1,5%), Goiás (1,4%) e Pernambuco (1,2%) completaram o conjunto de locais com índices positivos em junho de 2016.

O trimestre encerrado em junho também apresentou desempenho positivo, alta de 0,6% contra o trimestre encerrado em maio. Nessa avaliação, os avanços mais expressivos ocorreram em Pernambuco (3,0%), Rio de Janeiro (2,5%), Rio Grande do Sul (1,9%), Santa Catarina (1,2%), Pará (1,0%) e São Paulo (0,8%).

De acordo com o IBGE, a alta da indústria no mês teve taxas positivas disseminadas, alcançando as quatro grandes categorias econômicas e 18 dos 24 ramos pesquisados. Entre os setores, a principal influência positiva veio de veículos automotores, reboques e carrocerias (8,4%).

Onde a indústria cresce

Outras contribuições positivas vieram de perfumaria, sabões, produtos de limpeza e de higiene pessoal (4,7%); metalurgia (4,7%); confecção de artigos do vestuário e acessórios (9,8%); artefatos de couro, artigos para viagem e calçados (10,8%); produtos farmoquímicos e farmacêuticos (4,4%); e produtos de borracha e de material plástico (2,4%).

Entre os grandes grupos observados pelo IBGE, bens de capital, que registrou alta de 2,1%, mostrou a expansão mais acentuada em junho de 2016. Essa foi ainda a sexta taxa positiva consecutiva, acumulando ganho de 13,9% nesse período.

Para o País, aumento na produção de bens de capital pode significar, futuramente, mais investimentos. Esses itens são produzidos para fabricar outros, ou seja, quem compra um bem desses quer elevar sua produção, o que gera mais riqueza e emprego para o Brasil.

Fonte: Portal Brasil, com informações do IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa vai promover exportação de indústrias brasileiras
Indústrias de 18 estados interessadas em atuar no comércio exterior têm até 15 de setembro para se inscreverem no programa Rota Global. A iniciativa oferece consultoria gratuita para empresas de todos os portes e setores industriais se consolidarem ou começarem a operação no mercado internacional
Indústrias de 18 estados interessadas em atuar no comércio exterior têm até 15 de setembro para se inscreverem no programa Rota Global. A iniciativa oferece consultoria gratuita para empresas de todos os portes e setores industriais se consolidarem ou começarem a operação no mercado internacional
Programa vai promover exportação de indústrias brasileiras

Governo digital