Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 08 > Receita do setor de serviços cresce 0,6% em junho

Economia e Emprego

Receita do setor de serviços cresce 0,6% em junho

Avanço

Expansão foi registrada na comparação com igual mês do ano passado. Sete segmentos influenciaram o desempenho positivo
por Portal Brasil publicado: 11/08/2016 13h19 última modificação: 11/08/2016 20h03
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil Lista de resultados positivos inclui serviços como o de transporte terrestre

Lista de resultados positivos inclui serviços como o de transporte terrestre

Setor de serviço tem menor queda em um ano e voltaram a crescer em junho. Na comparação com igual mês do ano passado, o aumento foi de 0,6%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sete segmentos puxaram o desempenho positivo.

Os melhores desempenhos nesse tipo de comparação foram de Outros serviços prestados às famílias e do grupo Outros serviços. Ambos apresentaram crescimento de 4,5% na comparação com junho de 2015.

A lista de resultados positivos segue com serviços de tecnologia da informação (+3,4%); serviços audiovisuais, de edição e agências de notícias (3%); serviços administrativos e complementares (1,6%); transporte terrestre (1,3%); e com armazenagem, serviços auxiliares dos transportes e correio (1,5%).

Apesar desse avanço, o resultado da receita, no ano, ainda continua em nível considerado baixo quando comparado a períodos anteriores. No primeiro semestre, essa renda avançou 0,2% frente aos primeiros seis meses de 2015. No acumulado de 12 meses, o resultado está positivo em 0,3%.

Propostas para fazer o Brasil crescer

O governo em exercício tem trabalhado para melhorar esse quadro e aumentar o volume de vendas e de receita do setor de serviços. Para atingir esse objetivo, a equipe econômica tem atuado para reorganizar as contas públicas e recolocar o Brasil na rota de crescimento.

Medidas como a que cria um teto para os gastos públicos, impedindo que eles tenham uma expansão real, vão colaborar para que o País volte a ter uma atividade econômica mais dinâmica.

Essa proposta deve ser votada em breve pelo Congresso Nacional. Além dela, outras ações estão em andamento para agilizar a retomada da economia.

Fonte: Portal Brasil, com informações do IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil