Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 09 > Bancos devem emitir recibos de quitação em até dez dias

Economia e Emprego

Bancos devem emitir recibos de quitação em até dez dias

Consumidor

Em vigor a partir desta quinta (8), regra é valida quando o consumidor termina de pagar a dívida; prazo de dez dias úteis não vale para contratos de financiamento imobiliário
por Portal Brasil publicado: 08/09/2016 12h35 última modificação: 08/09/2016 13h49
Marcelo Camargo/Agência Brasil A nova regra não se aplica às situações em que a lei determinar procedimentos e prazos específicos

A nova regra não se aplica às situações em que a lei determinar procedimentos e prazos específicos

Bancos e demais instituições financeiras terão de emitir, no prazo de dez dias úteis, o recibo de quitação integral de débito, quando solicitado pelo interessado, a partir desta quinta-feira (8). A medida foi publicada em junho, no Diário Oficial da União.

A regra é valida quando o consumidor termina de pagar a dívida. Mas esse prazo de dez dias úteis não vale para os contratos de financiamento imobiliário. Nesse caso, o prazo é de 30 dias, a contar da data de liquidação da dívida.

A lei também diz que a nova regra não se aplica às situações em que a lei determinar procedimentos e prazos específicos. Nesses casos, a instituição financeira tem de esclarecer as situações excepcionais ao interessado.

Penalidades

Ao sancionar a lei, o presidente Michel Temer vetou parte do texto que definia a aplicação de penalidades previstas na Lei 4.595/1964 para as instituições financeiras que não cumprirem a determinação da lei. A regra de 1964 trata de questões relacionadas à organização e funcionamento do Sistema Financeiro.

Para o governo, a nova regra está coberta pelo Código de Defesa do Consumidor, que prevê punições para o descumprimento de normas. O Banco Central (BC) e o Ministério da Justiça já explicaram que os consumidores podem procurar os Procons para fazer reclamações contra instituições financeiras que não entregarem o recibo dentro do prazo.

A insatisfação com serviços e produtos oferecidos por instituições financeiras também pode ser registrada no BC, e as reclamações ajudam na fiscalização e regulação do Sistema Financeiro Nacional. Entretanto, o BC recomenda que a reclamação seja registrada, primeiramente, nos locais onde o atendimento foi prestado ou no serviço de atendimento ao consumidor (SAC) da instituição financeira.

Se o problema não for resolvido, o cidadão pode ainda recorrer à ouvidoria da instituição financeira, que terá prazo máximo de 15 dias para apresentar resposta.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Tesouro Direito lança campanha para democratizar o acesso a títulos públicos
Tesouro Direto lança a campanha "Transformação pelo Conhecimento", com objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos e a educação financeira
Tesouro Direto lança a campanha "Transformação pelo Conhecimento", com objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos e a educação financeira
Tesouro Direito lança campanha para democratizar o acesso a títulos públicos

Últimas imagens

Ministério do Trabalho fiscaliza proteção aos trabalhadores
Ministério do Trabalho fiscaliza proteção aos trabalhadores
Arquivo/Agência Petrobras
Medida promete reduzir custos de produção das empresas
Medida promete reduzir custos de produção das empresas
Arquivo EBC
Valor investido em setembro bateu recorde do programa
Valor investido em setembro bateu recorde do programa
Marcos Santos/USP Imagens
Medida foi anunciada nesta sexta-feira (22) pelo ministro Dyogo Oliveira
Medida foi anunciada nesta sexta-feira (22) pelo ministro Dyogo Oliveira
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Expectativa para os próximos meses também aumentou em setembro
Expectativa para os próximos meses também aumentou em setembro
Valter Campanato/Agência Brasil

Governo digital