Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 10 > Na TV, Henrique Meirelles explica necessidade do teto dos gastos públicos

Economia e Emprego

Na TV, Henrique Meirelles explica necessidade do teto dos gastos públicos

Controle fiscal

Em pronunciamento, ministro da Fazenda destacou que déficit fiscal de 2016 chega a R$ 170 bilhões
por Portal Brasil publicado: 06/10/2016 20h11 última modificação: 06/10/2016 21h27
Foto: Reprodução Meirelles: "Com a aprovação da proposta que equilibra as contas públicas, vamos superar este momento e recolocar o Brasil no caminho da justiça social"

Meirelles: "Com a aprovação da proposta que equilibra as contas públicas, vamos superar este momento e recolocar o Brasil no caminho da justiça social"

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fez pronunciamento na cadeia nacional de televisão na noite desta quinta-feira (6) para conscientizar a população brasileira da importância da aprovação pelo Congresso Nacional da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que limita o aumento dos gastos públicos. O texto já foi aprovado nesta tarde pela comissão especial na Câmara dos Deputados.

“Confiamos que o Congresso aprovará essa medida que vai equilibrar as contas públicas. Esse é o caminho para a volta do crescimento da nossa economia e para a criação de empregos que nosso povo precisa”, disse Meirelles.

O ministro começou seu pronunciamento detalhando a situação da economia do País quando ele assumiu o ministério em maio deste ano. Segundo ele, o déficit fiscal de 2016 chegou a R$ 170 bilhões, a inflação estava fora de controle e os investidores cancelaram projetos, levando milhões de pessoas ao desemprego.

“É necessário um prazo para ajustar as contas de forma gradual, sem retirar direitos, sem cortar o dinheiro dos projetos mais importantes, aqueles essenciais”, explicou Meirelles, garantindo que áreas prioritárias, como saúde e educação, não terão perdas.

“Com a aprovação da proposta que equilibra as contas públicas, vamos superar este momento e recolocar o Brasil no caminho da justiça social com desenvolvimento de verdade”, declarou o ministro.

Fonte: Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços

Últimas imagens

A perspectiva para os próximos meses é de que a demanda doméstica do setor de turismo continue crescendo
A perspectiva para os próximos meses é de que a demanda doméstica do setor de turismo continue crescendo
Arquivo EBC
Ministro José Múcio Monteiro afirmou que quadro é preocupante
Ministro José Múcio Monteiro afirmou que quadro é preocupante
José Cruz/Agência Brasil
Projeção do BC para a inflação de 2017 melhorou de 4% para 3,8%
Projeção do BC para a inflação de 2017 melhorou de 4% para 3,8%
Beto Nociti/BCB
Expectativa é retirar a vacina entre 2019 e 2023, quando o Brasil deverá ser reconhecido como livre da doença
Expectativa é retirar a vacina entre 2019 e 2023, quando o Brasil deverá ser reconhecido como livre da doença
Arquivo/Agência Brasil
Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Foto: Edu Andrade/Ministério do Trabalho

Governo digital