Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 11 > IPCA-15 registra menor valor para novembro desde 2007

Economia e Emprego

IPCA-15 registra menor valor para novembro desde 2007

Inflação 2016

Indicador varia 0,26% em novembro influenciado principalmente pelos preços de alimentos e vestuário. No ano, taxa fica em 6,38%
por Portal Brasil publicado: 23/11/2016 14h27 última modificação: 14/12/2016 23h04
Alina Souza/Especial Palácio Piratini Preço do leite caiu 10,5% no mês e deu principal contribuição

Preço do leite caiu 10,5% no mês e deu principal contribuição

Puxado por alimentos e vestuário, a inflação começa a dar trégua ao brasileiro. Em novembro, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) variou 0,26% – o menor resultado para o mês desde 2007, quando a taxa foi de 0,23%.

No acumulado do ano, o indicador se encontra abaixo do teto da meta de inflação (6,5%), mas próximo desse limite. Segundo o IBGE, o indicador alcançou 6,38% nessa métrica. Para ficar dentro do espaço de tolerância, a inflação teria de subir apenas 0,12 ponto percentual em dezembro.

Entre os grupos que formam o IPCA-15, o grupo alimentação e bebidas ficou mais barato, recuou 0,06% na comparação com outubro. O destaque foi o leite longa vida, produto considerado importante na mesa das famílias e que ficou 10,52% mais barato.

Outros itens alimentícios também colaboraram para o resultado. Caso do feijão-carioca (-11,84%), feijão-mulatinho (-7,82%), tomate (-6,61%), cenoura (-4,31%), ovo de galinha, feijão preto (-1,37%) e carne de porco (-0,65%).

Itens que ficaram mais baratos em novembro

Além dos alimentos, outros itens também ficaram mais baratos no mês. As maiores quedas foram em ingressos para jogo (-4,50%), passagem aérea (-2,69%), hotel (-2,51%), mudança (-1,91%), automóvel usado (-1,59%), agasalho masculino (-1,05%) e sapato feminino (-0,97%).

Para o cálculo do IPCA-15 os preços foram coletados no período de 14 de outubro a 14 de novembro e comparados com aqueles vigentes entre 15 de setembro e 13 de outubro. O indicador refere-se às famílias com rendimento de 1 a 40 salários-mínimos.

Esse índice, no entanto, não é o indicador oficial de custo de vida no Brasil, ele é considerado uma prévia. O dado oficial, que é chamado apenas de IPCA e não tem o número 15 no nome, será divulgado pelo IBGE em 9 dezembro.

Folga no orçamento

Fonte: Portal Brasil, com informações do IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Soja, milho e feijão são os destaques da super safra 2016/2017
Safra de grãos 2016/2017 deve bater recorde com produção de 238 milhões de toneladas
Safra de grãos 2016/2017 deve bater recorde com produção de 238 milhões de toneladas
Soja, milho e feijão são os destaques da super safra 2016/2017

Últimas imagens

Segundo Meirelles, a economia do Brasil está reagindo e o País voltará a crescer de forma sustentável
Segundo Meirelles, a economia do Brasil está reagindo e o País voltará a crescer de forma sustentável
Gustavo Raniere/MF
Evidências de retomada nas regiões estão em linha com recuperação gradual da economia
Evidências de retomada nas regiões estão em linha com recuperação gradual da economia
Fernando Frazão/Agência Brasil
Medida aumenta subvenção ao seguro rural, o que facilita acesso à proteção
Medida aumenta subvenção ao seguro rural, o que facilita acesso à proteção
Pedro Ventura/Agência Brasília
Medida vai dar mais acesso e reduzir custo em empréstimos e financiamentos que tenham bens como garantia
Medida vai dar mais acesso e reduzir custo em empréstimos e financiamentos que tenham bens como garantia
Medida vai dar mais acesso e reduzir custo em empréstimos e financiamentos que tenham bens como garantia
Medida vai dar mais acesso e reduzir custo em empréstimos e financiamentos que tenham bens como garantia

Governo digital