Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2016 > 11 > Tesouro Direto ficará mais acessível para o cidadão

Economia e Emprego

Tesouro Direto ficará mais acessível para o cidadão

Investimentos

Governo pretende mudar o programa para facilitar aplicações e resgates de títulos públicos. Alterações não foram detalhadas
por Portal Brasil publicado: 23/11/2016 17h00 última modificação: 24/11/2016 14h57

O programa Tesouro Direto, que permite ao cidadão investir em dívida público a partir de valores baixos, vai passar por mudanças. Segundo o coordenador-geral de Planejamento Estratégico da Dívida Pública do Tesouro Nacional, Luiz Fernando Alves, o objetivo é facilitar os investimentos e resgates de títulos públicos.

Ele explicou que desde o ano passado o Tesouro Direto passa por mudanças para se tornar mais simples e acessível. “Tudo isso tem resultado em bons números do programa”, afirmou. O técnico lembrou ainda que em outubro o programa ultrapassou a marca de mais de 1 milhão de investidores cadastrados.

O Tesouro Direto foi criado em janeiro de 2002 para popularizar e permitir que pessoas físicas possam adquirir títulos públicos diretamente do Tesouro, pela internet. O aplicador só tem de pagar uma taxa à corretora responsável pela custódia dos títulos.

Por que o govenro vende títulos públicos?

Vender títulos públicos é uma forma que o governo tem de captar recursos para pagar dívidas e honrar compromissos. Em troca, o Tesouro Nacional se compromete a devolver o valor com um adicional, em juros, que pode variar de acordo com a Selic, índices de inflação, câmbio ou uma taxa definida antecipadamente.

Fonte: Portal Planalto, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa vai promover exportação de indústrias brasileiras
Indústrias de 18 estados interessadas em atuar no comércio exterior têm até 15 de setembro para se inscreverem no programa Rota Global. A iniciativa oferece consultoria gratuita para empresas de todos os portes e setores industriais se consolidarem ou começarem a operação no mercado internacional
Indústrias de 18 estados interessadas em atuar no comércio exterior têm até 15 de setembro para se inscreverem no programa Rota Global. A iniciativa oferece consultoria gratuita para empresas de todos os portes e setores industriais se consolidarem ou começarem a operação no mercado internacional
Programa vai promover exportação de indústrias brasileiras

Últimas imagens

Em 2016, a produção nacional de soja em grão foi de 96,3 milhões de toneladas
Em 2016, a produção nacional de soja em grão foi de 96,3 milhões de toneladas
Jonas Oliveira/Governo do Paraná
Com reação do comércio e crescimento maior que esperado no segundo trimestre, projeção do PIB foi revisada para cima
Com reação do comércio e crescimento maior que esperado no segundo trimestre, projeção do PIB foi revisada para cima
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Preços dos alimentos voltaram a cair em setembro
Preços dos alimentos voltaram a cair em setembro
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Governo digital