Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 01 > "Acordo com o Rio de Janeiro é viável", diz Meirelles

Economia e Emprego

"Acordo com o Rio de Janeiro é viável", diz Meirelles

Dívida dos Estados

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e governo do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão se reuniram para debater possível acordo
por Portal Brasil publicado: 11/01/2017 18h42 última modificação: 27/01/2017 18h34

O governo federal e o Rio de Janeiro estão próximos de fechar um acordo para a crise fiscal que afeta o Estado. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, explicou que esse acordo é totalmente viável e que o detalhamento exigirá mais uma semana de trabalho.

Meirelles e o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, estiveram reunidos durante a tarde desta quarta-feira (11) e depois se encontraram com o presidente da República, Michel Temer.

“Depois de um trabalho exaustivo dos números do Rio, concluímos que temos todas as condições de fechar um acordo”, afirmou o ministro.

Para concretizar o acordo, explicou Meirelles, é preciso ainda uma estruturação jurídica de todos os pontos. “As contrapartidas serão discutidas e anunciadas no dia de apresentarmos o acordo”, disse Meirelles.

Ele argumentou que existe um “amplo campo para redução de despesas” no Rio de Janeiro, além de ser possível uma reestruturação da dívida do estado com a União. Novos empréstimos da União para o Estado foram descartados.

Empréstimos para o Rio de Janeiro

O ministro relatou ainda que o Banco do Brasil tem participado das conversas e vai atuar no acordo dentro das próprias possibilidades, de maneira responsável e dentro de todas as normas prudenciais.

Pezão afirmou que o estado e o governo federal avançaram muito. “São muitos contratos, é uma burocracia que a gente tem de vencer”, observou. “É um avanço extraordinário para o Rio de Janeiro, ele vai se tornar um estado viável”, afirmou.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Fazenda, do Palácio do Planalto e do Governo do Rio de Janeiro

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa do Imposto de Renda estará disponível a partir desta quinta-feira (23)
Receita Federal divulgou as regras para entrega da declaração em 2017. Este ano será obrigatório informar o CPF de dependentes com 12 anos ou mais
Ministro fala sobre importância da retomada de obras para a sociedade
Governo retomou 436 obras de infraestrutura paralisadas. Dado foi divulgado em coletiva pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira
Agro+ traz menos burocracia para o agronegócio
O Agro+ é uma iniciativa do Governo Federal que traz mais eficiência na agricultura, mais empregos no campo e facilita o acesso do agronegócio brasileiro no mercado internacional
Receita Federal divulgou as regras para entrega da declaração em 2017. Este ano será obrigatório informar o CPF de dependentes com 12 anos ou mais
Programa do Imposto de Renda estará disponível a partir desta quinta-feira (23)
Governo retomou 436 obras de infraestrutura paralisadas. Dado foi divulgado em coletiva pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira
Ministro fala sobre importância da retomada de obras para a sociedade
O Agro+ é uma iniciativa do Governo Federal que traz mais eficiência na agricultura, mais empregos no campo e facilita o acesso do agronegócio brasileiro no mercado internacional
Agro+ traz menos burocracia para o agronegócio

Últimas imagens

Dirf poderá ser preenchida até às 23h59min
Dirf poderá ser preenchida até às 23h59min
Arquivo/Agência Brasil
Cor da bandeira indica o custo da energia em função das condições de geração de eletricidade
Cor da bandeira indica o custo da energia em função das condições de geração de eletricidade
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Medida está de acordo com a nova política da petroleira
Medida está de acordo com a nova política da petroleira
Geraldo Kosinski/Banco de Imagens Petrobras
Segundo FGV, confiança do setor voltou ao nível de fevereiro de 2015
Segundo FGV, confiança do setor voltou ao nível de fevereiro de 2015
Arquivo Agência Brasil
Segundo FGV, confiança do setor voltou ao nível de fevereiro de 2015
Segundo FGV, confiança do setor voltou ao nível de fevereiro de 2015
Arquivo Agência Brasil

Governo digital