Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 01 > BC faz maior corte nos juros básicos em quase cinco anos

Economia e Emprego

BC faz maior corte nos juros básicos em quase cinco anos

Recuperação da Economia

Taxa foi reduzida de 13,75% ao ano para 13%. Banco Central também modificou a projeção de inflação para este ano e 2018
por Portal Brasil publicado: 11/01/2017 19h06 última modificação: 12/01/2017 14h17
Beto Nociti/BCB Banco Central reduziu previsão de inflação para 2017 de de 4,3% para 4,0%

Banco Central reduziu previsão de inflação para 2017 de de 4,3% para 4,0%

Pela primeira vez desde abril de 2012, o Banco Central decidiu nesta quarta-feira (11) reduzir a taxa básica de juros da economia em 0,75 ponto percentual. A reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) teve como resultado a queda da Selic de 13,75% ao ano para 13%.

Em comunicado divulgado após a decisão, a diretoria do BC afirmou que a atividade econômica aquém do esperado e a inflação em nível favorável tiveram influência sobre a opção de aumentar a intensidade dos cortes de juros. Antes desse encontro do Copom, o ritmo de redução da taxa era menor, de 0,25 ponto percentual a cada encontro.

“A inflação recente continuou mais favorável que o esperado”, diz um trecho do comunicado divulgado após a reunião. Com base nesse cenário, o BC também decidiu reduzir suas projeções para a inflação de 2017 e de 2018.

Para este ano, a expectativa de inflação recuou de 4,3% para 4,0; para o próximo ano, passou de 3,9% para 3,4%. “O Comitê entende que o atual cenário, com um processo de desinflação mais disseminado e atividade econômica aquém do esperado, já torna apropriada a antecipação do ciclo de distensão da política monetária, permitindo o estabelecimento do novo ritmo de flexibilização”, afirmou o BC por meio do comunicado.

Importância da Selic

A definição do percentual é importante para a economia por ser uma referência para investimentos. São considerados a menor taxa de retorno, ou seja, quando um empresário decide tirar um projeto do papel, ele avalia se o lucro do projeto é maior ou menor que essa taxa básica.

Se o retorno for menor, ele não tira o projeto da gaveta e aplica o dinheiro em papéis do Tesouro Nacional, que pagam juros próximos desse valor definido pelo BC. Ele também pode investir em outros produtos financeiros.

Empréstimos e financiamentos

Essa taxa básica também tem influência direta sobre o quanto um consumidor paga por empréstimos e financiamentos. Quando o BC altera o valor dela, também muda o custo dos bancos para captar recursos, dinheiro que será emprestado posteriormente aos clientes.

Se o custo do banco sobe, o empréstimo para o consumidor também pode subir. Se a taxa baixa, esse custo pode baixar. Os juros básicos ainda têm uma importância grande porque ajudam a controlar a inflação.

O que é meta de inflação

No Brasil, para os preços não saírem de controle, foi criado um sistema de metas de inflação. Ele funciona assim: o Conselho Monetário Nacional (CMN) define um objetivo a ser perseguido pelo Banco Central. Neste ano, a meta é deixar o IPCA em 4,5%.

Essa meta, no entanto, permite uma margem para abrigar possíveis crises e choques de preço, ou seja, em situações excepcionais, o IPCA pode chegar a no máximo 6% e a no mínimo 3%.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Banco Central

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis

Últimas imagens

Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Valter Campanato/Agência Brasil
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Marcos Santos/USP Imagens
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Gleice Mere/MP
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Arquivo EBC

Governo digital