Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 01 > Desconto no Pronaf beneficia 13 culturas em janeiro

Economia e Emprego

Desconto no Pronaf beneficia 13 culturas em janeiro

Agricultura

Produtos têm direito ao bônus pois tiveram, em dezembro, preço de mercado abaixo do mínimo em algumas regiões
por Portal Brasil publicado: 10/01/2017 19h20 última modificação: 11/01/2017 09h27
Pedro Bruzzi/Ministério do Meio Ambiente Babaçu amêndoa tem o maior bônus em janeiro, 68%

Babaçu amêndoa tem o maior bônus em janeiro, 68%

Bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) será concedido para 13 produtos, em janeiro, para abatimento em financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

As culturas são: açaí (fruto); babaçu (amêndoa); batata; borracha natural (heveicultura); cacau (amêndoa); cara/inhame; cebola; leite; manga; raiz de mandioca; sorgo; trigo e triticale. Em dezembro, eles tiveram preço de mercado abaixo do mínimo em algumas regiões do País e, por isso, têm direito ao bônus.

A lista foi publicada nesta terça-feira (10), no Diário Oficial da União (DOU), pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário.

A cultura com o maior bônus este mês é o babaçu amêndoa, com 68%, para o Ceará. Os preços de mercado referem-se ao mês de dezembro de 2016. O período de validade do bônus é de 10 de janeiro a 9 de fevereiro de 2017.

Cálculo

O desconto é calculado mensalmente pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a partir de levantamento, nas principais praças de comercialização, dos produtos da agricultura familiar que integram a PGPAF. Aqueles com preço de mercado abaixo do mínimo estabelecido pelo governo federal recebem um bônus equivalente à diferença, para abatimento em parcelas do Pronaf.

Fonte: Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
O governo prorrogou o prazo para pessoas físicas e jurídicas quitarem as dívidas com a união. Agora, o Refis está valendo até 14 de novembro
Governo prorroga para 14 de novembro o prazo de adesão ao Refis

Últimas imagens

Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Ministro Dyogo Oliveira defendeu aprovação da reforma da Previdência para evitar danos ao País
Valter Campanato/Agência Brasil
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Alta na massa salarial é explicada por melhora no mercado de trabalho, que vem empregando mais neste ano
Marcos Santos/USP Imagens
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão anunciou mais uma liberação de recursos orçamentários
Gleice Mere/MP
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Neste ano, a balança comercial vem registrando recordes seguidos
Arquivo EBC

Governo digital