Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 01 > Mais de 95% dos trabalhadores sacaram Abono Salarial de 2014

Economia e Emprego

Mais de 95% dos trabalhadores sacaram Abono Salarial de 2014

PIS/PASEP

Cerca de 22 milhões de cidadãos com direito ao benefício fizeram o saque. É a segunda maior cobertura da história dos pagamentos
por Portal Brasil publicado: 11/01/2017 12h18 última modificação: 11/01/2017 12h24
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil Cada trabalhador recebeu o equivalente a um salário mínimo, no valor de R$ 880

Cada trabalhador recebeu o equivalente a um salário mínimo, no valor de R$ 880

Mais de 22,61 milhões de trabalhadores sacaram o Abono Salarial do PIS/Pasep ano-base 2014. Esse número corresponde a 95,93% do total de pessoas com direito ao benefício no País.

Essa foi a segunda maior taxa de cobertura da história dos pagamentos do abono – o recorde foi em 2009, quando o percentual de saques chegou a 96,3%.

Cada um recebeu o equivalente a um salário-mínimo, no valor de R$ 880. No total, foram pagos mais de R$ 18,8 bilhões para beneficiários de todo o País.

A Região Nordeste foi campeã de saques: 98,7% dos beneficiários fizeram o saque. Em seguida, veio a Região Sudeste, com índice de 95,58%; Centro-Oeste (95,39%); Norte (94,77%); e Sul (93,95%).

Os recursos que não foram sacados até 30 de dezembro voltaram para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O FAT é mantido com contribuições das empresas e é destinado a pagamentos de Abono Salarial e Seguro-Desemprego.

De acordo com o Ministério do Trabalho, o resultado deve-se ao esforço do governo federal para fazer com que o recurso chegasse até os cidadãos.

O ministro, Ronaldo Nogueira, solicitou, por duas vezes, que o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) prorrogasse o prazo para saque.

“Fizemos o adiamento justamente para que aqueles mais humildes pudessem sacar um dinheiro que é deles por direito”, disse o ministro.

Uma série de outras medidas foi adotada durante a prorrogação. O Ministério do Trabalho promoveu uma ação conjunta com a Caixa Econômica e o Banco do Brasil, enviou correspondência aos trabalhadores, e-mails aos órgãos públicos e mala direta às empresas.

Além disso, a pasta divulgou amplamente a informação na imprensa e nas redes sociais e disponibilizou na internet a relação com os nomes dos trabalhadores que tinham direito ao abono.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Trabalho

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços

Últimas imagens

Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Foto: Edu Andrade/Ministério do Trabalho
Para ministro, medida beneficiará pequenas e médias empresas
Para ministro, medida beneficiará pequenas e médias empresas
Gustavo Raniere/MF
Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e o relator da modernização na CCJ, o senador Romero Jucá (PMDB-RR)
Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e o relator da modernização na CCJ, o senador Romero Jucá (PMDB-RR)
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Adesão ao novo Refis vai até 31 de agosto de 2017
Adesão ao novo Refis vai até 31 de agosto de 2017
Marcos Santos/USP Imagens
Linha de montagem de motocicletas em Manaus (AM). Indústria contribuiu com 0,8% para o PIB de abril
Linha de montagem de motocicletas em Manaus (AM). Indústria contribuiu com 0,8% para o PIB de abril
José Paulo Lacerda/CNI

Governo digital