Economia e Emprego

Simplificação tributária

Nova reforma vai reduzir em duas mil horas o tempo médio para pagar impostos no País

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, pretende anunciar, nas próximas semanas, novas ações para diminuir a burocracia
última modificação: 23/12/2017 10h40
Governo prepara medidas para aumentar produtividade do País

Segundo o minsitro da Fazenda, tempo para abrir uma empresa deve cair de 101 dias para três - Foto: Marcelo Pereira/Credit Suisse

Duas mil horas a menos. Esse será o tempo economizado com burocracias e outras atividades acessórias que empresários, por meio de escritórios de contabilidade, economizarão todos os anos com a adoção de regras mais simples para o pagamento de tributos no País.

A proposta, ainda em estudo pelo governo, faz parte de um conjunto de medidas microeconômicas que deverão ser anunciadas pela equipe econômica do presidente Michel Temer nas próximas semanas. 

Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o objetivo é tornar o País mais produtivo e eficiente, além de reduzir custos.

Entre as medidas anunciadas por Meirelles, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo publicada nesta segunda-feira (6/2), estão a redução do tempo médio gasto para pagar tributos e abrir e fechar uma empresa.

Sobre o tempo gasto para se pagar impostos, o ministro ponderou que, após a adoção de regras mais claras e simplificadas, haverá um recuo de 2,6 mil horas para 600 horas por ano. A Receita Federal, segundo Meirelles, está montando um programa para simplificar e racionalizar o processo.

Desburocratização

O tempo para abrir uma empresa também deve cair com as propostas que serão anunciadas. Em um estado como São Paulo, citou o ministro na entrevista, vai cair de 101 dias para três dias.

O Sistema Público de Escrituração Contábil (Sped), que unifica informações contábeis e tributárias, também deve ser aprimorado. Além disso, o governo deve fazer uma expansão do eSocial para além do empregado doméstico. A ideia é que o programa passe a atender os empregadores de qualquer tipo de trabalhador, o que deve facilitar o pagamento de tributos.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Fazenda, Receita Federal e da Folha de S.Paulo

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems