Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 04 > Prévia do PIB avança pelo segundo mês, diz BC

Economia e Emprego

Prévia do PIB avança pelo segundo mês, diz BC

IBC-Br

Dados divulgados nesta segunda-feira (17) revelam que economia brasileira voltou a crescer e expansão foi de 1,3% em fevereiro
por Portal Brasil publicado: 17/04/2017 10h42 última modificação: 18/04/2017 19h16
Arquivo EBC Prévia do PIB, o indicador divulgado pelo Banco Central cresceu pela segunda vez seguida em fevereiro

Prévia do PIB, o indicador divulgado pelo Banco Central cresceu pela segunda vez seguida em fevereiro

Após iniciar o ano em alta, a atividade econômica deu mais um sinal de retomada diante das reformas do governo federal. Puxada pelo setor de serviços, a economia brasileira registrou avanço de 1,31% em fevereiro contra janeiro, na série ajustada.

Considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todas as riquezas do País em um determinado período, o número faz parte do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-BR) e foi divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Banco Central. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentará os dados equivalentes à atividade econômica do primeiro trimestre em junho.

O resultado está dentro do esperado pela equipe econômica, que vem sinalizando um crescimento da economia ainda no primeiro trimestre deste ano. Para 2017, a expectativa é de que o PIB cresça 0,5%.

O resultado favorável em fevereiro foi influenciado positivamente pelo setor de serviços, que cresceu 0,7% na comparação com janeiro. Entre os ramos dos serviços, os principais dados foram registrados pelos serviços prestados às famílias (+0,6%), transportes e correio (+0,5%) e em serviços profissionais, administrativos e complementares (+0,2%).

O que é IBC-Br 

O IBC-Br foi construído com base na evolução da agropecuária, da indústria e do setor de serviços. Os cálculos são feitos de forma semelhante aos que o IBGE faz. O objetivo principal do indicador do Banco Central é prever um resultado aproximado para o PIB.

Com esses números em mãos, o BC consegue desenhar melhor suas estratégias para o controle da inflação. Para se chegar ao resultado final, 16 pesquisas e levantamentos entram na conta.

Além da Pesquisa Mensal do Comércio e da Pesquisa Industrial Mensal, são ponderados os resultados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), dados de comércio exterior, levantamento de safra e outros.

Retomada à vista

Fonte: Portal Brasil, com informações do Banco Central e do IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil registra criação de 34,4 mil vagas formais de emprego em setembro
Pelo sexto mês seguido, mercado formal registrou novas contratações. Setores da transformação, comércio e serviços foram os principais responsáveis pela abertura dos postos
Pelo sexto mês seguido, mercado formal registrou novas contratações. Setores da transformação, comércio e serviços foram os principais responsáveis pela abertura dos postos
Brasil registra criação de 34,4 mil vagas formais de emprego em setembro

Últimas imagens

Empresários estão confiantes tanto com a atual situação dos negócios quanto com as expectativas para os próximos meses
Empresários estão confiantes tanto com a atual situação dos negócios quanto com as expectativas para os próximos meses
Divulgação/Governo de Sergipe
Saldo comercial brasileiro vem registando recordes ao longo deste ano
Saldo comercial brasileiro vem registando recordes ao longo deste ano
Arquivo EBC
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Marcos Santos/USP Imagens
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Ministério da Fazenda

Governo digital