Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 06 > BNDES aprova R$ 1 bilhão para construção de três parques eólicos

Economia e Emprego

BNDES aprova R$ 1 bilhão para construção de três parques eólicos

Energia renovável

Financiamento vai atender a empreendimentos na Bahia e no Ceará. Energia gerada será suficiente para abastecer 700 mil residências
por Portal Brasil publicado: 19/06/2017 17h51 última modificação: 03/10/2017 16h09

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) aprovou o financiamento de R$ 1 bilhão para a construção de três complexos eólicos. Os parques, que estão sendo construídos na Bahia e no Ceará, terão potência de 311,3 megawatts, suficiente para abastecer cerca de 700 mil residências.

Os empreendimentos são do grupo francês EDF, da italiana Enel e da Aliança, subsidiária da Vale e da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). “Os parques contribuirão para a diversificação da matriz energética brasileira, com uma geração limpa e renovável",  informou o BNDES, por meio de nota.

"Os projetos também auxiliam o País a cumprir as metas de redução de emissões de gases do efeito estufa, com as quais se comprometeu no Acordo de Paris”, explicou o banco.

Financiamentos

A EDF contratará financiamento no valor de R$ 486,4 milhões para a construção dos parques eólicos Ventos da Bahia I, III, IX e XVIII, no município de Mulungu do Morro, na Bahia. A empresa também usará os recursos para construir o sistema de transmissão.

Já a Enel contratará financiamento de R$ 307,8 milhões para implantação dos parques eólicos Delfina III, IV, VI e VII no município de Campo Formoso, também na Bahia, além da execução do sistema de transmissão.

O BNDES informou, ainda, que a Aliança contratará financiamento de R$ 243,5 milhões para a construção dos parques eólicos Santo Inácio III e IV, Garrote e São Raimundo, e sistema de transmissão associado, no município de Icapuí, no Ceará.

Fonte: Portal Brasil, com informações do BNDES

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia

Últimas imagens

Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Marcos Santos/USP Imagens
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Ministério da Fazenda
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Gustavo Raniere/Min. Fazenda
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arquivo EBC

Governo digital