Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 06 > BNDES aprova R$ 1 bilhão para construção de três parques eólicos

Economia e Emprego

BNDES aprova R$ 1 bilhão para construção de três parques eólicos

Energia renovável

Financiamento vai atender a empreendimentos na Bahia e no Ceará. Energia gerada será suficiente para abastecer 700 mil residências
por Portal Brasil publicado: 19/06/2017 17h51 última modificação: 19/06/2017 17h51

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) aprovou o financiamento de R$ 1 bilhão para a construção de três complexos eólicos. Os parques, que estão sendo construídos na Bahia e no Ceará, terão potência de 311,3 megawatts, suficiente para abastecer cerca de 700 mil residências.

Os empreendimentos são do grupo francês EDF, da italiana Enel e da Aliança, subsidiária da Vale e da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). “Os parques contribuirão para a diversificação da matriz energética brasileira, com uma geração limpa e renovável",  informou o BNDES, por meio de nota.

"Os projetos também auxiliam o País a cumprir as metas de redução de emissões de gases do efeito estufa, com as quais se comprometeu no Acordo de Paris”, explicou o banco.

Financiamentos

A EDF contratará financiamento no valor de R$ 486,4 milhões para a construção dos parques eólicos Ventos da Bahia I, III, IX e XVIII, no município de Mulungu do Morro, na Bahia. A empresa também usará os recursos para construir o sistema de transmissão.

Já a Enel contratará financiamento de R$ 307,8 milhões para implantação dos parques eólicos Delfina III, IV, VI e VII no município de Campo Formoso, também na Bahia, além da execução do sistema de transmissão.

O BNDES informou, ainda, que a Aliança contratará financiamento de R$ 243,5 milhões para a construção dos parques eólicos Santo Inácio III e IV, Garrote e São Raimundo, e sistema de transmissão associado, no município de Icapuí, no Ceará.

Fonte: Portal Brasil, com informações do BNDES

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Setor de serviços cresceu 1% entre os meses de março e abril
Segmento de transportes contribui para crescimento do setor de serviços

Últimas imagens

A perspectiva para os próximos meses é de que a demanda doméstica do setor de turismo continue crescendo
A perspectiva para os próximos meses é de que a demanda doméstica do setor de turismo continue crescendo
Arquivo EBC
Ministro José Múcio Monteiro afirmou que quadro é preocupante
Ministro José Múcio Monteiro afirmou que quadro é preocupante
José Cruz/Agência Brasil
Projeção do BC para a inflação de 2017 melhorou de 4% para 3,8%
Projeção do BC para a inflação de 2017 melhorou de 4% para 3,8%
Beto Nociti/BCB
Expectativa é retirar a vacina entre 2019 e 2023, quando o Brasil deverá ser reconhecido como livre da doença
Expectativa é retirar a vacina entre 2019 e 2023, quando o Brasil deverá ser reconhecido como livre da doença
Arquivo/Agência Brasil
Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Ministro e representantes de sindicatos em reunião nessa quarta-feira (21)
Foto: Edu Andrade/Ministério do Trabalho

Governo digital