Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 06 > Fundo Brasil-China será referência para América Latina

Economia e Emprego

Fundo Brasil-China será referência para América Latina

Investimento

Avaliação é do embaixador chinês Li Jinzhang, durante encontro de empresários da China e autoridades brasileiras
publicado: 16/06/2017 15h53 última modificação: 16/06/2017 15h53
Arquivo/Agência Brasil Cooperação envolve diversas áreas como infraestrutura, logística, energia e recursos minerais e agroindústria

Cooperação envolve diversas áreas como infraestrutura, logística, energia e recursos minerais e agroindústria

O embaixador chinês Li Jinzhang afirmou que a parceria com o Brasil servirá de referência para novos negócios com outros países da América Latina. Em maio, Brasil e China assinaram um acordo bilateral para a criação de um fundo de cooperação para projetos desenvolvidos no País nas áreas de infraestrutura, logística, energia e recursos minerais, agroindústria, tecnologia avançada, agricultura, armazenagem agrícola, manufatura, serviços digitais e outros.

Os investimentos podem chegar até US$ 20 bilhões. Destes, US$ 15 bilhões serão desembolsados pelo Fundo Chinês para Investimento na América Latina (Claifund), e de até US$ 5 bilhões por instituições financeiras brasileiras.

Nesta sexta-feira (16), em encontro com empresários chineses, o ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Colnago, afirmou que a parceria com a China é essencial para a retomada do crescimento no País.

“Há diversos aspectos na nossa economia que podem ser melhorados e que podem ter ganhos de produtividade, com qualidade de vida para a nossa sociedade e com ganhos para os privados. Ou seja, há como ser um grande ganha-ganha para as duas nações”, disse o ministro.

O secretário de Assuntos Internacionais (Seain), Jorge Arbache, ressaltou que a queda nas taxas de juros contribuiu para a alta na confiança dos investidores, com a entrada de US$ 80 bilhões no último ano no País.

“O Brasil continua com estabilidade financeira e atraindo investimento estrangeiro direto com baixa taxa de vulnerabilidade externa e pronto para ensaiar uma recuperação consistente da atividade econômica”, avaliou Arbache.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Planejamento

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Pesquisa mensal de comércio do IBGE aponta que as vendas do varejo cresceram em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. O setor de móveis e eletrodomésticos foi o que registrou o maior crescimento
Vendas do varejo crescem 3,6% em agosto

Últimas imagens

Novo prazo será anunciado apenas ao término das rodadas de licitação, diz agência
Novo prazo será anunciado apenas ao término das rodadas de licitação, diz agência
Divulgação/Petrobras
Produção de petróleo e gás natural vem registrando bons resultados neste ano
Produção de petróleo e gás natural vem registrando bons resultados neste ano
Divulgação/Petrobras
Entre as mudanças, marco regulatório agora permite que Petrobras escolha se quer participar de consórcios de exploração
Entre as mudanças, marco regulatório agora permite que Petrobras escolha se quer participar de consórcios de exploração
Roberto Rosa/Petrobras
Presidente do BC também ressaltou importância das reformas econômicas
Presidente do BC também ressaltou importância das reformas econômicas
Beto Nociti/BCB

Governo digital