Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 06 > Mercado reduz estimativa de inflação e prevê crescimento maior do PIB

Economia e Emprego

Mercado reduz estimativa de inflação e prevê crescimento maior do PIB

Retomada

Com a melhora nos indicadores econômicos, especialistas financeiros voltam a traçar cenário positivo para a economia ainda neste ano
por Portal Brasil publicado: 05/06/2017 10h21 última modificação: 05/06/2017 12h33
Marcos Santos/USP Imagens Para analistas do mercado financeiro, cenário para a economia neste ano continua positivo

Para analistas do mercado financeiro, cenário para a economia neste ano continua positivo

Os analistas do mercado financeiro voltaram a reduzir a projeção para a inflação neste ano. Agora a expectativa é que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fique em 3,90%, ante estimativa anterior de 3,95%. Para 2018, a previsão é de que a inflação encerre o ano em 4,30%.

Ao mesmo tempo, os especialistas esperam que a economia brasileira encerre de vez o cenário recessivo e projetam um avanço do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,50%, ante estimativa de 0,49% há uma semana. 

As informações fazem parte do Boletim Focus, uma publicação semanal que reúne as projeções de cerca de 100 analistas. O Banco Central é o responsável por coletar os dados e divulgá-los.

Com o impacto das reformas econômicas, o PIB cresceu 1% no primeiro trimestre deste ano, após oito trimestres de queda. Já a inflação vem caindo de forma consistente nos últimos meses e hoje acumula alta de 4,08% nos últimos 12 meses encerrados em abril.

Em meio a esse cenário positivo, os analistas esperam que a taxa básica de juros, a Selic, encerre o ano em 8,50%. Na última reunião da diretoria do Banco Central, a taxa foi reduzida de 11,25% ao ano para 10,25% ao ano.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Banco Central

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil registra criação de 34,4 mil vagas formais de emprego em setembro
Pelo sexto mês seguido, mercado formal registrou novas contratações. Setores da transformação, comércio e serviços foram os principais responsáveis pela abertura dos postos
Pelo sexto mês seguido, mercado formal registrou novas contratações. Setores da transformação, comércio e serviços foram os principais responsáveis pela abertura dos postos
Brasil registra criação de 34,4 mil vagas formais de emprego em setembro

Últimas imagens

Empresários estão confiantes tanto com a atual situação dos negócios quanto com as expectativas para os próximos meses
Empresários estão confiantes tanto com a atual situação dos negócios quanto com as expectativas para os próximos meses
Divulgação/Governo de Sergipe
Saldo comercial brasileiro vem registando recordes ao longo deste ano
Saldo comercial brasileiro vem registando recordes ao longo deste ano
Arquivo EBC
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Marcos Santos/USP Imagens
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Ministério da Fazenda

Governo digital