Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 08 > IGP-DI registra quinta queda consecutiva

Economia e Emprego

IGP-DI registra quinta queda consecutiva

Indicadores

Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), indicador recuou 0,30% em julho. Dados foram divulgados nesta terça-feira (08)
por Portal Brasil publicado: 08/08/2017 11h52 última modificação: 09/08/2017 10h40

Pelo quinto mês consecutivo, o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou deflação, variou -0,30%, em julho. Os dados são da Fundação Getulio Vargas (FGV) e foram divulgados nesta terça-feira (08).

Segundo a instituição, a taxa acumulada em 2017, até julho, é de -2,87%. Em 12 meses, o IGP-DI acumula variação de -1,42%. O índice de julho foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 1º e 31 do mês de referência.

Para se chegar ao número final do IGP-DI, a FGV faz uma ponderação entre três indicadores diferentes. No resultado de julho, as principais influências vieram do indicador que mede os preços aos produtores. Ele mostrou que os preços dos insumos usados por esses empresários caíram 0,67%.

Esse dado é positivo para as famílias porque, em algum momento, essa queda de custos para os empresários pode ser repassada para os consumidores. O IGP-DI é um indicador usado também para reajustar contratos entre empresas e consumidores.

Fonte: Portal Brasil, com informações da FGV

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: , ,
Assunto(s): Economia, Indicadores

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia

Últimas imagens

Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Marcos Santos/USP Imagens
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Ministério da Fazenda
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Gustavo Raniere/Min. Fazenda
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arquivo EBC

Governo digital