Economia e Emprego

Comemoração

Lojas virtuais devem vender R$ 1,94 bilhão no Dia dos Pais

Preços mais baixos e economia em alta devem impulsionar as vendas. Expectativa é aumento de 10% frente ao mesmo período de 2016
publicado: 02/08/2017 15h28, última modificação: 23/12/2017 11h09
Lojas virtuais devem vender R$ 1,94 bilhão no Dia dos Pais

Celulares e smartphones devem ser os itens mais vendidos do Dia dos Pais - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Com a economia em ritmo de retomada e a queda da inflação, as vendas pela internet devem avançar 10% no Dia dos Pais. Segundo a Ebit, uma consultoria de informações sobre comércio eletrônico, a expectativa é de que o comércio alcance um faturamento de R$ 1,94 bilhão na data comemorativa.

A consultoria avalia que o número de compras deve avançar 11% frente ao Dia dos Pais do ano passado. A projeção é de que haja uma aumento para 4,5 milhões de ordens de compra. A pesquisa da consultoria releva ainda que o valor médio desembolsado pelos consumidores deve permanecer praticamente estável, em R$ 438.

Essa data, segundo a Ebit, é a primeira data importante para o varejo eletrônico no segundo semestre. Apesar de ter um volume menor de vendas do que o de outras datas, como o Dia das Mães, Dia das Crianças, Natal e Black Friday, esse período é considerado pelo comércio como um termômetro para o restante do ano.

Expectativa de crescimento

“O e-commerce vem sustentando, ao longo de 2017, um crescimento de dois dígitos. Os números estão dentro da estimativa da Ebit, que prevê crescimento de 12% para o setor neste ano”, afirmou o diretor executivo, Pedro Guasti.

De acordo com o monitoramento realizada pela Ebit, há uma lista de itens mais demandados no Dia dos Pais: celulares e smartphones, livros e calçados.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Ebit

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems