Você está aqui: Página Inicial > Economia e Emprego > 2017 > 08 > Mais de 25,9 milhões de trabalhadores foram beneficiados com saques das contas inativas

Economia e Emprego

Mais de 25,9 milhões de trabalhadores foram beneficiados com saques das contas inativas

FGTS

Valor equivale a 88% do total atualizado e mais de 79% dos trabalhadores contemplados durante o período de saque
por Portal Brasil publicado: 07/08/2017 11h46 última modificação: 28/08/2017 15h06

Mais de 25,9 milhões de trabalhadores foram beneficiados com o saque de cerca de R$ 44 bilhões, relativos às contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A Lei 13.446/2017 que permitia o saque das contas inativas de 10 de março até o dia 31 de julho foi iniciativa do presidente Michel Temer para retomada do crescimento da economia.

O número inicial estimado de trabalhadores beneficiados pela medida era de 30,2 milhões. Esse número subiu para 32,7 milhões em razão dos cerca de 2,5 milhões acertos cadastrais realizados nas agências da Caixa durante todo o período de atendimento. Em relação à base atualizada, mais de 79% de trabalhadores realizaram o saque.

Já o valor disponível inicialmente para pagamento dos trabalhadores era de R$ 43,6 bilhões. Esse montante foi atualizado, tanto pelos índices de atualização das contas do FGTS, assim como em função de acertos cadastrais dos trabalhadores que comprovaram que tiveram seu contrato de trabalho rescindido por justa causa ou a pedido até 31/12/2015. O valor atualizado disponível para saque chegou a R$ 48,9 bilhões. O valor sacado, de R$ 44 bilhões, representou 88% desse total.

"A Caixa mobilizou todos seus empregados e foi capaz de atender mais de 30 milhões de trabalhadores. Essa estratégia de atendimento teve sua eficiência reconhecida pela sociedade e pelo próprio governo. Cumprimos, assim, nossa missão como banco público e parceiro estratégico do governo federal," ressaltou o presidente da Caixa, Gilberto Occhi.

Atendimento especial

Durante o calendário, a Caixa preparou um esquema especial de atendimento e abriu mais de 2 mil agências nos primeiros sábados de cada etapa de pagamento.

Todas as agências da Caixa abriram com horário estendido, em 2 horas além do horário habitual, nos primeiros dias de cada fase do calendário de pagamento. Os canais alternativos, como unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, também realizaram o pagamentos aos beneficiários.

Prazo estendido

De acordo com o Decreto Presidencial nº 9.108, divulgado em 26 de julho de 2017, pessoas com diagnóstico de doença grave ou que no período de disponibilidade para saque das contas inativas do FGTS permaneciam em situação de cumprimento de pena ou prisão administrativa restritiva de liberdade terão o prazo estendido até 31 de dezembro de 2018 para sacar seu benefício.

No caso de grave moléstia, o titular da conta deverá comprovar a condição por meio de atestado médico justificando a impossibilidade de comparecimento à Caixa. O beneficiário precisa comprovar essa condição durante o período de 10 a 31 de julho de 2017, que era o período de pagamento para todos os beneficiários do calendário.

Os apenados devem apresentar certidão da Vara de Execução Penal, Vara de Execução Criminal ou juízo responsável que decretou a prisão. Esses documentos devem ser apresentados, exclusivamente, em uma agência da Caixa.

FGTS saque prorrogado

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia

Últimas imagens

Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Recursos são referentes ao ano de 2015 e podem ser retirados até 28 de dezembro
Marcos Santos/USP Imagens
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Ministério da Fazenda
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Com País de volta aos trilhos do crescimento, famílias voltam a consumir e influenciar positivamente arrecadação de impostos
Gustavo Raniere/Min. Fazenda
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arrecadação em alta é importante para manter o compromisso com as contas públicas
Arquivo EBC

Governo digital