Economia e Emprego

Exportações

Brasil trabalha para aumentar vendas para o Irã

Irã é um importante parceiro comercial que compra, em média, US$ 2 bilhões por ano de produtos brasileiros
publicado: 11/10/2017 18h18, última modificação: 22/12/2017 14h58

O governo brasileiro tem trabalhado para ampliar a relação comercial entre Brasil e Irã, que compra US$ 2 bilhões em produtos brasileiros por ano. Depois de uma missão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ao país do Oriente Médio, para fechar acordos de exportação e importação, agora o objetivo é simplificar as operações financeiras entre as duas economias e impulsionar ainda mais a troca comercial.

Em setembro, uma missão brasileira fechou acordos importantes nos setores de carne, soja, milho, biodiesel e etanol, açúcar e pescados. A agenda em Teerã, a capital iraniana, incluiu reuniões bilaterais com autoridades governamentais, como o vice-ministro da Indústria, Minas e Comércio e presidente da Organização de Promoção do Comércio do Irã, Mojtaba Khosrowtaj, o vice-ministro de Agricultura e o membro da Jihad Esteghlal Company, Arzhang Javadi.

O secretário executivo do Mapa, Eumar Novacki, participou da missão ao Irã e agora trabalha para simplificar as operações financeiras entre os exportadores brasileiros e os compradores iranianos. Em nota publicada no site do ministério, o secretário explicou que “o arranjo financeiro bilateral será importante para investimentos e financiamento de projetos agrícolas, além do aumento do volume de comércio”.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Agricultura